EMGS fará levantamento em nossa nova fronteira offshore

0

A Petrobras fechou contrato no valor de US$ 90 milhões com a Electromagnetic Geoservices (EMGS) para a realização de levantamentos eletromagnéticos em bacias maduras e áreas de nova fronteira offshore no país. Os trabalhos serão realizados pelo navio BOA Galatea e a campanha deve durar cerca de um ano.

A expectativa é que os levantamentos sejam iniciados o mais rápido possível. “O Brasil é um mercado estrategicamente importante para nós.”, afirma o Presidente de Multi-Clientes do Grupo, Carl Hutchins. Este é o segundo contrato fechado entre as duas empresas.

A EMGS é comandada no Brasil por  Ricardo Perrone. Recentemente, a empresa deslocou para o país o Vice-Presidente de Desenvolvimento de Negócios para a América Latina, Bjørn Petter Lindhom, que ficava baseado em Houston (EUA) para o Rio de Janeiro. 

Com as informações – Felipe Maciel / Energia Hoje

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta