Vale – Negociação de US$ 2,3 bi por cargueiros

0

A Vale confirmou em nota que avalia se desfazer ou alugar navios de grande porte que encomendou na Ásia para fazer o transporte de minério de ferro. “Como o objetivo da empresa não é ser operadora ou armadora, a Vale está aberta a avaliar a possibilidade de venda ou arrendamento dos VLOCs (iniciais em inglês de very large ore carriers)”.

São navios de grande porte, com capacidade de cerca de 400 mil toneladas, para carregar minério de ferro. A operação em análise pela Vale envolve um total de 19 navios de grande porte encomendados pela mineradora na China e na Coreia do Sul por valores totais de US$ 2,34 bilhões. Na China, a Vale encomendou, em 2008, 12 embarcações por US$ 1,6 bilhão.

Além dos navios chineses, a empresa mandou construir outros sete navios por US$ 748 milhões. A primeira embarcação feita na Coreia, o Vale Brasil, fundeou no Rio em maio deste ano. A embarcação foi apresentada como o maior navio de minério de ferro do mundo, com capacidade de carregar 400 mil toneladas.

A informação sobre a possibilidade de venda ou afretamento dos navios de minério foi dada ontem por um executivo da Vale à agência Reuters, em Cingapura. Em nota, a Vale afirmou que não mudou sua estratégia de “shipping”. “O que a Vale está disposta a discutir é a propriedade dos navios. Podemos ser donos dos navios ou ter contratos de afretamento de longo prazo. Nosso objetivo é ter uma frota dedicada para parte do nosso volume de minério de ferro exportado, mais eficiente, mais sustentável e mais segura do ponto de vista operacional. E que, também, reduza a volatilidade do frete no mercado”, disse a Vale na nota.

Além de ter comprado 19 navios na Ásia, a Vale também fez contratos de longo prazo para utilizar 16 embarcações que estão sendo construídas por armadores fora do Brasil.

Com as informações – Valor On Line

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta