Rapidinhas do Portal!

0
71

E lá vamos nós com as Rapidinhas do Portal Marítimo e já aproveitamos para agradecer ao público que tem nos proporcionado um ótimo desempenho, visitando nosso site e prestigiando este espaço. Com a Venezuela a parada ainda está incerta, mas coma Bolívia a Petrobras já assinou. Disney já finalizando construção de mega navio e Wärstsilä pega um belo de um contrato para construção de navios.

Petrobras e YPFB assinam acordo – A Petrobras e a Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB) assinaram ontem(13/9), no Rio, um aditivo ao seu contrato de fornecimento de gás natural que permitirá a entrega de até 2,2 milhões de m³/dia, do total de 30,08 milhões de m³/dia já contratados, para atendimento à Termelétrica Cuiabá (MT), arrendada pela Petrobras.Com este passo conclui-se o processo negocial que possibilitará o retorno à operação da usina termelétrica do Estado de Mato Grosso.

Disney Fantasy em fase final – Foi colocado no dia 12/9 o último bloco da construção do novo navioda Disney Cruise Line, o Disney Fantasy, no estaleiro de Meyer Werft. A peça representa 260 toneladas da proa da embarcação. Com todos os 800 blocos de construção para o Disney Fantasy prontos, o foco agora é equipar o interior da embarcação. Entre as atrações do navio está a AquaDuck, primeira montanha russa marinha do mundo. O Disney Dream navegará alternando cruzeiros de sete noites de Porto Canaveral até o Caribe, com rotas a oeste e a leste que incluirão visitas a uma ilha privativa da Disney, Castaway Cay. A viagem inaugural do cruzeiro está prevista para 31 de março de 2012.

Wärtsilä vai equipar novos navios – O escopo de fornecimento inclui oito motores principais Wärtsilä RT-flex60C, a serem construídos por um licenciado Wärtsilä, Hudong Máquinas Pesadas (HHM), com sede em Xangai. Além de atender aos requisitos técnicos para este novo projeto de navio porta-contêineres de 1700 TEU, a tecnologia de motores Wärtsilä RT-flex oferece excelente consumo de combustívell, elevada confiabilidade e tamanho compacto. Quatro dos navios estão sendo construídos para a Buss Shipping, parte do Grupo Buss de Hamburgo, que é conhecida por suas operações no norte da Europa. Os outros quatro navios são para a Eastern Mediterranean Maritime Limited, uma empresa de gestão de navios com sede em Atenas, Grécia. O maquinário para o primeiro destes navios está programado para ser entregue em 2012, sendo o restante entregue posteriormente a intervalos regulares.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta