Setembro – Produção de petróleo e gás da Petrobras no Brasil cresceu 3,1 %

2
155

A produção de petróleo e gás natural da Petrobras no Brasil e no exterior em setembro foi de 2.591.624 barris de óleo equivalente por dia (boed). Esse resultado ficou 2,43% acima do volume registrado no mesmo mês de 2010 e foi 1,41% maior que o volume total extraído em agosto deste ano.

Considerados apenas os campos no Brasil, a produção média de petróleo e gás alcançou 2.353.057 boed, indicando um aumento de 3,1% em relação a setembro do ano passado e de 1,3% quando comparado a agosto deste ano. Contribuíram para o crescimento a entrada em produção de novos poços nas plataformas P-25 (Albacora), P-57 (Jubarte) e P-56 (Marlim), todas na Bacia de Campos; a retomada do teste de longa duração (TLD) do poço 1-ESS-103 (Jubarte), na parte capixaba da Bacia de Campos; e o retorno das plataformas P-20 e P-35 (Marlim), que estavam paradas para manutenção.

A produção exclusiva de petróleo dos campos nacionais chegou a 2.002.237 barris diários. Esse resultado reflete um acréscimo de 3% sobre setembro de 2010 e de 2% em relação à produção de agosto do corrente ano.

A produção de gás natural dos campos nacionais atingiu, em setembro, 55 milhões 776 mil metros cúbicos diários, indicando um aumento de 3,7% em relação ao mesmo mês do ano passado.

O volume de petróleo e gás natural dos campos situados nos países onde a Petrobras atua chegou a 238.567 boed em setembro. O resultado indica um crescimento de 2,2% comparado a agosto de 2011. Este aumento se deve à normalização na produção do reservatório D no Campo de Akpo, na Nigéria.

A produção de gás natural no exterior foi de 16 milhões 805 mil metros cúbicos, registrando um acréscimo de 5,1% em comparação ao volume de gás em setembro de 2010. Isso ocorreu em função da maior demanda pelo gás boliviano e maior produção nos campos de gás na Argentina.

A produção só de petróleo no exterior em setembro deste ano foi 5,7% superior à de agosto do mesmo ano.

O quadro mostra a produção por estado do Brasil e por região do exterior em setembro de 2011. Clique aqui para ver o quadro.

Por solicitação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a Petrobras informa, ainda, que a produção total divulgada ao órgão regulador foi de 8.975.384,55 m³ de óleo e 1.894.735.507,61 m³ de gás natural em setembro de 2011. Esses volumes correspondem à produção total das concessões em que a Petrobras é operadora. Além disso, não estão incluídos os volumes do xisto, LGN e produção de parceiros em concessões onde a Petrobras não é operadora.

Por Redação Portal Marítimo

2 COMMENTS

  1. É interessante que apesar do pessoal secar, secar… a PETROBRAS consistentemente dá resposta. As vezes parece que o brasileiro gosta de torcer contra esta empresa, que é a locomotiva do país.

  2. Tiago a Locomotiva do País passou por cima da minha coluna mesmo eu tendo trabalhado 5 anos Offshore, me especializado e ser dos bons na minha área, com 33 anos fiquei incapacitado pra trabalhar, já almocei com um companheiro que entrou num helicóptero que caiu e morreu todo mundo, a Petrobrás é muito bonita e dá muito orgulho vendo pela TV, mas lá existem dois brasis que todo mundo de lá sabe, mas que você nem sonha, minha dica, compre ações da Petrobrás, ela investe em maketing de massa, patrocina esportes e cultura a rodo e com isso blinda a mídia a seu favor e por fim passa por cima de normas, movimentos ou qualquer outra coisa que ponha em risco a produção. Conheço bem mais de 20 Plataformas e 40 Nt’s. VIVA A PETROBRÁS!!! VIVA OS ALIENADOS TELEVISIVOS!!!

Deixe uma resposta