Porto de Aratu – R$ 1,2 bilhão de investimentos

0
513

Responsável por 61% da receita da Codeba, o Porto de Aratu tem uma série de obras previstas e algumas já em execução, dado seu grande potencial de alavancagem. O porto-indústria receberá, para novos investimentos, R$ 220 milhões dos cofres públicos e mais de R$ 1 bilhão de empresas privadas. 

As obras em Aratu vão desde a dragagem de aprofundamento para -15 metros, já concluída, até a modernização do atual terminal de granéis sólidos e construção de um novo, com foco em minérios, além de dois novos berços de atracação para granéis líquidos e duplicação dos acessos rodoviários para melhorar a acessibilidade terrestre.

O Porto de Aratu recebe e escoa a produção industrial baiana, boa parte oriunda do Pólo Petroquímico de Camaçari e tem como principais produtos de transporte gasolina, enxofre, amônia, nafta, fertilizantes, concentrado de cobre e carvão mineral.

Vários projetos de expansão estão em curso com vista a acelerar sua competitividade. Concluídas as melhorias, prevê-se a conquista de cargas adicionais como biocombustíveis, minérios (Ferro e Manganês), óleos vegetais, granéis agrícolas e veículos.

ARATU – R$ 1,2 BILHÕES (Investimentos Públicos e Privados)

•        Dragagem para aprofundamento de -15 m. Obra concluída em 2010

•        Modernização do terminal de granéis sólidos

•        Construção de dois berços para granéis líquidos

•       Melhoria da acessibilidade terrestre com duplicação dos acessos rodoviários

•     Projeto de construção de pátio de triagem e estacionamento de veículos de carga em área anexa ao porto

•       Construção de novo terminal de sólidos com foco na exportação de minérios (ferro) por extensão do Píer II

•        Ampliação da área de tancagem de líquidos

•        Modernização e reativação dos ramais ferroviários

•        Regularização ambiental através da entrega do PCA

Por Redação Portal Marítimo

Deixe uma resposta