Força Aérea divulga primeira foto interna do "Guardião do Pré-Sal"

4

A Força Aérea Brasileira (FAB) divulgou nesta terça-feira a primeira imagem do interior da aeronave P-3AM. Utilizado para patrulha marítima, o avião está realizando uma série de voos de treinamento em diversas capitais do País.

Conheça o P-3, o guardião “quarentão” do pré-sal

O P-3AM já passou por Florianópolis (SC) e Belém (PA), e vai operar ainda nas cidades de Canoas (RS) e Galeão (RJ). Com capacidade para realizar voos com até 16 horas de duração – suficiente para patrulhar grandes áreas do litoral ou, inclusive, ir à África e voltar sem escalas – o avião tem como principal destaque a tecnologia embarcada de última geração que o capacita a vasculhar centenas de quilômetros de oceano, de dia ou de noite, e encontrar até submarinos sob a água.

Além das missões de defesa, o P-3AM terá importante papel na proteção das riquezas naturais do Brasil, como as reservas do petróleo do pré-sal. Além disso, pode ser utilizado, por exemplo, para busca de náufragos, para fiscalizar as atividades econômicas como a pesca ilegal e agressões ao meio ambiente marinho.

O primeiro P-3 foi recebido no ano passado. Ao todo o Brasil terá nove unidades, todas baseadas em Salvador (BA), de onde vão partir para missões em todo o País.

Com as informações – Terra

Por Rodrigo Cintra

4 COMENTÁRIOS

  1. é isso deve ser brincadeira pois se nem a marinha faz patrulha . pois trabalho a 4 anos e só vi uma vez uma embarcação da marinha que passou muito longe e nem contato por radio fez com nossa plataforma . deveriam estar muito ocupado procurando esses tais submarinos.
    e vocês acreditam que iram ficar sobrevoando as plataformas . se não tem combustível para as aeronaves hoje fazerem a vigilância das fronteiras em terra .
    isso ta mais para ilha da fantasia .
    vamos eleger um politico viva a pátria brasil.

  2. Concordo com o Sancler!
    Já vi embarcação de tudo quanto é empresa, de mil uma bandeiras, mas embarcação da MB é raridade!

  3. Infelizmente nos 5 anos que Trabalhei na Bacia de Campos de 2003 à 2008 ( Afastado por Acidente do Trabalho ) NUNCA vi, nenhuma Movimentação Tática da Marinha do Brasil a não ser uma ou duas Vezes o Embarque de uns 2 ou 3 Oficiais que mesmo na Plataforma pareciam não saber o que fazer por lá e nem nós que éramos Mergulhadores e poderíamos ser Auditados pela Marinha, Poderiam fazer a Conferência de Nossos LRM’s ( Livro de Registro do Mergulhador e CIR ), mas não Geralmente era aquele Gostoso Bate Papo com a Gerência da Plataforma dava uma Voltinha, almoçava e Vazava. Espero que Mude!!!

  4. concordo com tdo k foi dito !! só quem trabalha embarc. em ofshre sabe que tdo dito (patrulhamento etc) a respeito de plataforma de petroleo no brasil ñ é verdade!!!!!

Deixe uma resposta