Tramandaí – Transpetro é interpelada na Justiça por 75 empresas de uma só vez

0
212

Pela primeira vez na história, uma comunidade comercial inteira aciona judicialmente a Petrobras pelo culposo derramamento de óleo no mar. Setenta e cinco empresas – reunidas pela CDL de Tramandaí e Imbé – estão com uma ação em juízo contra a Transpetro Petrobras Transporte S.A., buscando indenização pelos danos decorrentes do maior desastre ambiental ocorrido nas duas praias gaúchas.

Uma manobra desastrada de descarga de petróleo de um navio para uma boia da Transpetro ocasionou vazamento para o mar na manhã. O fato ocorreu em pleno veraneio.

A contaminação das águas do mar e das praias, o mau cheiro e o perigo à saúde pública afugentaram os turistas, ocasionando prejuízos a comércio e hotéis das duas cidades. O óleo se espalhou por uma área aproximada de quatro quilômetros no mar, atingindo a orla marítima, prejudicando a pesca, a fauna, as populações e os turistas. A gravidade dos danos provocados foi atestada por laudos da Marinha do Brasil, do Ministério do Meio Ambiente, do Ibama e da Fepam.

O acidente expulsou os banhistas e alarmou os técnicos. O mau cheiro foi sentido por muito tempo na cidade.

A petição inicial é assinada pelos advogados Irineu Gehlen e Ana Paula Dalbosco. A ação tramita na 2ª Vara Cível de Tramandaí. (Proc. nº 073/1.12.0008522-3)

Com as informações – Marco Birnfeld / Jornal do Comércio

Por Rodrigo Cintra

 

 

 

Deixe uma resposta