Transpetro inaugura Academia Marítima no Pará

0
277

Foi realizada nessa segunda-feira (10/9), na Faculdade de Estudos Avançados do Pará (Feapa), a aula inaugural da Academia Marítima Transpetro, com a presença dos 120 primeiros alunos da escola paraense.

Concebida pela Transpetro, em um convênio com a Marinha do Brasil, a escola nasce com o objetivo de aperfeiçoar os oficiais de náutica e máquinas da Transpetro e ajudar a Marinha na formação de novos profissionais. A expectativa é que sejam graduados 400 oficiais por ano, sendo 200 no Pará e o restante no Rio de Janeiro, onde a academia foi inaugurada no mês passado. Até 2016, 1,6 mil novos oficiais estarão formados pela empresa, que hoje possui 2,2 mil marítimos.

Comandante Menezes durante palestra na aula inaugural

“A Transpetro quer ser a melhor empresa de navegação, não apenas a maior. E o que faz uma empresa ser a melhor são as pessoas. É por isso que estamos contribuindo com a Marinha, investindo na formação de novos oficiais”, afirmou o Gerente Executivo de Recursos de Pessoal Marítimo da Transpetro, José Menezes Filho, que representou Sergio Machado, Presidente da Companhia, durante a aula inaugural.

Por Redação Portal Marítimo

1 COMMENT

  1. nao deveria se exclusiva de oficias esta cademia i sim do restante do pesoal como aguarniçao de maquinas i conves pos formariam moço de maquinas e conves pois aqui no brasil nao existe navio escola de formaçao do pesoal de marinha mercante para cada aluno te umo contato direto na qual area esta formando gostaria muito que esta minha s palavras fosen chegada ate o presidente da trasnpetro pois eles formamava no propio navio da enpresa aguarniçao grato

  2. Para se a melhor como disse o sr Menezes a em´presa tem que olhar para toda a sua tripulação e não só para alguns.
    Para alguns empregados dessa empresa só existe duas categorias a de náutica e maquinas ,para os demais tripulantes não tem direito a nada . É triste trabalhar numa empresa tao grande e ao mesmo tempo tao pequena no sentido de investir em Gente.

  3. Por favor caros colegas maritimos,prestem mais atencao ao portugues que os senhores estao digitando,olha que eu nao sei nada ,sou apenas um ctr,porem ta muito dificil ate de ler.assim nao da!Isso e uma critica construtiva ta!?abracos

  4. A ladainha deste senhor nao muda a mais de 10 anos e ele continua no cargo. Enquanto insistencia e incompetencia caminharem juntas a Fronape/Transpetro sera uma piada no meio maritimo, nacional e internacional.

  5. Em breve eles abarrotarão o mercado de gente e aí vão baixar salários, voltar ao 4×2, quem sabe aos 6×2, ignorar o sindinada, que nada faz para impedir isso…
    Privatização já da Petrobras e fim deste “convênio” com a MB.
    sds,

  6. Muito boa esta iniciativa, pena que esteja focada unicamente no oficialato, infelizmente, nós (contra-mestres e mestres de cabotagem), não temos opções de nos aperfeiçoar a não ser por intermédio do tempo de embarque determinado pela Marinha do Brasil, isso atraza nossa carreira e o mercado fica em aberto.
    Em meu ponto de vista se estas novas escolas se determinassem a formar novos oficiais a partir de uma seleção entre as categorias de CTR E MCB, com certeza a qualidade da mão de obra seria melhor e muitas vagas que hoje estão disponiveis seriam preenchidas com sucesso, visto que somos experientes e temos vontade de chegar neste patamar.
    No entanto, não se sabe qual é realmente a finalidade de tanta burocracia, nem mesmo sabe-se qual é a finalidade destas escolas, se formar profissionais competentes ou se por trás destas construções existem outras ideias R$…….

    CTR Reginaldo

    • isso sim é um comentário inteligente!
      imagina só como seriam os oficiais da Marinha Mercante sendo aperfeiçoados os MCBs, visto q realmente é a categoria da experiência de náutica e

  7. Na Verdade a transpetro está perdendo em muito os oficiais para o offshore, então querem saturar o mercado para não aumentar os salarios e diminuir o tempo de embarque.

  8. Galera, não podemos ficar aqui brigando, falando que seria melhor aproveitar os experientes ou melhorar na formação da guarnição. Quem quer alguma coisa, terá que correr atrás sem esperar a ajuda do governo ou de qualquer pessoa. O estudo é o melhor caminho para se obter alguma coisa. Pensem nisso!! Não estou criticando, estou tentando mostrar um caminho que não dependa de ninguém para obter o sucesso.

    Pense nisso!!

  9. sim a transpetro esta perdendo oficiais porque fazem deles uns escravos dentro do navio tendo que fazer varias funcoes que nao pertence a eles especificas e tambem deixam os vapozeiros sem rendiçao e nao pagam dobrado para o cara ficar la… so 20% mais calculado da soldada basica que é +ou- 1/4 do salario do cidadao … ai nao da realmente . por isso estao todos saindo e nao querendo ficar na cabotagem pois nao sao tratados como deveriam .

    • É companheiro, Enquanto o brasileiro não deixar de ser preconceituoso,racista,discriminar e massacrar a pobre guarnição. só vai dar atenção,a oficialidade.Temos que viver um país do feudalismo,Que nobre vai morrer nobre e pebleu vai morrer pebleu. a exploração de mão de obra vai fazer voltar a escravidão para os menos favorecidos que vão ser,sempre ignorados pelos administradores que se acham espertos e que se dizem os melhores com os seus egos.Voces tiram exemplo quando quiseram formar condutores para dispacharem de 2om o quanto foram sufocados,discriminados,afugentados e exterminados pela transpetro.E a Marinha do Brasil sempre acreditou e sempre tiveram cursos de mudanças de categorias.É só alguns da transpetro que não querem que guarnição tenham qualidades de vida para seus familiares eles querem que guarnição,fiquem sempre humilhados e mal tratados a bordos por eles.Outro dia eu vi um comentário de um 1°M da TRANSPETRO no portal sobre os condutores que se formaram nas turmas do ACOM,eu fiquei comovido da forma que ele tratava a guarnição.

  10. e bom vcs se empenharem ou vaõ ficar sem pessoal , maõ de obra
    com os salarios que vcs pagam nimguem que ir trabalhar ai na transpetro os pucos que vaõ
    naõ demoram nas vossas naus, ; agilizem periodo de embarque tem que diminuir pra 21 dias sejam exemplo e encabecem as boas atitudes equiparem o salario de cozinheiro com o do condutor pois o cozinheiro eo o principal quimico do navio,pouco reconhecido naõ adianta forma e naõ renumera bem…..abraço gente

Deixe uma resposta