Hovercraft surge como opção para a mobilidade durante a Copa do Mundo

5

hvcrft

A menos de dois meses da abertura da Copa do Mundo, o governo do estado corre contra o tempo para garantir maior mobilidade aos milhares de atletas e turistas que virão ao Rio de Janeiro. Uma improvisação pretende ligar, por barcas, o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), na Ilha do Governador, e o Centro do Rio. A medida criaria uma rota alternativa para quem chega ou sai do aeroporto. Hoje o acesso é feito basicamente pela Linha Vermelha. 

A proposta de implantar uma linha experimental em caráter de urgência acaba de ser feita pelo novo secretário estadual de Turismo, Cláudio Magnavita, à titular da pasta de Transportes, Tatiana Vaz Carius. “Em um evento de porte mundial, o aeroporto não pode ficar com apenas um acesso”, justifica Magnavita. 

A ideia é simples e antiga, e faltam argumentos para justificar por que ela nunca saiu do papel. O secretário de Turismo acredita que seja possível implementar a alternativa mesmo faltando tão pouco tempo para o Mundial. Ele propõe aproveitar as instalações da concessionária CCR, que opera o transporte de barcas, na Praça XV, no Centro, e do Corpo de Bombeiros na Ilha, perto da Base Aérea do Galeão.

“Usaríamos os catamarãs, que são embarcações rápidas e que não exigem muita profundidade. Caso o assoreamento não permita que elas atraquem na área, ainda é possível alugar embarcações no estilo hovercraft”, sugere Magnavita. 

Hovercraft funciona sobre um colchão de ar, preparado para se deslocar em vários tipos de solo e também na água. É muito usado como equipamento militar em vários países. O maior modelo do mundo é o Zubr, navio usado pela marinha da Rússia, da Ucrânia e da Grécia, que leva até 500 soldados, além de tanques de guerra. 

“A ideia nasceu tão forte que me parece ter caráter irreversível. Não podemos fazer um evento desses sem alternativa factível de deslocamento. Falei com a Tatiana (secretária de Transportes) e ela me garantiu que iria tocar o projeto em regime de urgência”, disse Magnavita. O secretário, que integra o Conselho Consultivo da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), já iniciou conversas com a Secretaria de Aviação Civil e com a Infraero. A concessionária CCR só falará hoje sobre a proposta do governo.

Plano diretor terá 12 rotas marítimas 

A ligação entre o Galeão e o Centro do Rio é uma das 12 novas linhas hidroviárias previstas no novo Plano Diretor de Transportes Urbanos (PDTU), que deverá ser concluído pela Secretaria de Transportes até a Copa. Outras duas linhas sairão de São Gonçalo. 

Embora o PDTU não tenha saído do papel, Magnavita acredita que pelo menos a linha Galeão-Centro deve ser incluída nas rotas das atuais embarcações. “O turista vai pagar o que vale a passagem”, avalia. Para o secretário, é possível usar catamarãs. “Falei com a Infraero e eles garantiram que, se o terminal for na Ilha, o calado é suficiente para os catamarãs atracarem”, diz. Segundo ele, a Copa justificaria um gasto de urgência do governo para viabilizar o projeto. 

“Na Copa, seremos uma das 12 sedes, mas na Olimpíada seremos a única cidade. Precisamos ter bom desempenho agora para atrair o mundo em 2016”, diz.

Fonte – O Dia

Por Rodrigo Cintra

5 COMENTÁRIOS

  1. Quer dizer que as coisas só saem aqui nessa província porque de copa? Quando termina, eles sucateiam! Morro de raiva dessa palavra de alienados. Copa! chega tenho vontade de vomitar

  2. Eu nao quero saber de copa do mundo, porque é uma copa so.pra quem tem dinheiro, eesa copa nao era .pra ser aqui no brasil, porque o brasileiro esta sem saúde e sem educação, .fora copa do mundo.

  3. Sou de Salvador e digo uma coisa. O que não falta nessa cidade, nesse estado, nesse país é água. Pode-se botar muito bem, em várias capitais dessa joça barco a vontade como transporte coletivo, interurbano e interestadual de pessoas e cargas, além de trem para melhorar a mobilidade e reduzir os riscos de acidente. Mas não, essas porcarias de representantes sóe querem contruir viadutos, estádio e meter os pés pelas mãos, por causa de uma porcaria de evento que não vai trazer nada para niguém, além deles e do bolso deles. Fora porca do imundo!

  4. isso que é uma solução de emerg ; até que fim , melhor se for deixar esse legado para todos os nossos dias ; E ABELITE NOSSOS BRAZUCAS A PILOTAR E CONDUZIR ESSA MARAVILHA DA EUROPA ,

Deixe uma resposta