Aker confirma a fusão entre Solstad Offshore e REM, criando uma frota de 62 navios

2

Fusão Solstad REM

A Aker anunciou que o plano de fusão entre as empresas Solstad Offshore e REM Offshore foi aprovado, após diversas reuniões feitas entre as empresas desde o anúncio da fusão, feito no dia 27 de julho.

A Solstad declarou que todas as suas propostas condicionais foram adotadas, incluindo a aprovação da fusão da REM com a Solship Invest 1 AS, sua subsidiária.

A proposta para a mudança no quadro de diretores da empresa, que deve estar finalizada até que a fusão esteja completa, o que vai acontecer aproximadamente no dia 24 de Novembro, segundo fontes, foi também aprovada de acordo com as recomendações do Comitê Nomeador, uma espécie de Conselho Administrativo para a fusão. Uma reunião extraordinária entre a alta administração da REM também aprovou a fusão.

“O mercado do Apoio Marítimo passa por um período de grandes incertezas a nível mundial”, declarou Lars Peder Solstad, CEO da Solstad Offshore. “O excesso de oferta, devido a diminuição das operações de upstream, gerou uma enorme baixa nos preços da diárias das embarcações. A indústria do Apoio Marítimo,funcionando de modo fragmentado, é parte desses efeitos negativos. A Sosltad e a REM enxergam a necessidade de se criar uma entidade maior, com capacidade financeira e operacional para passar pela crise. A fusão entre as empresas é um passo na direção correta”, completou o executivo.

A REM e a Solstad, juntas, vão compor uma frota de 62 navios. Após a fusão, a Solstad vai manter seu escritório na Ilha de Skudneshavn, de onde a frota de navios de construção será operada. Já as embarcações de Apoio Marítimo remanescentes, basicamente PSVs, serão operadas a partir do escritório da REM, que fica em Fosnavåg.

Foto: Johann Sundberg / E24
Lars Peder Solstad, Øyvind Eriksen e Arild Myrvoll – Foto: Johann Sundberg / E24

“De uma maneira individual, tanto a REM como a Solstad possuem uma grande capacidade operacional, especialistas para serviços de alta demanda e uma cultura gerencial e operacional que cultiva a inovação nos negócios”, declarou o CEO da REM, Arild Myrvoll, que deve deixar o grupo após a conclusão da fusão. “De um ponto de vista comercial, a fusão vai fortalecer os pilares de produtividade e rentabilidade, ao mesmo tempo em que vai aumentar margens e reduzir o tempo de indidsponibilidade de nossas embarcações através de sinergias financeiras e operacionais”, completou Myrvoll.

Åge Remoy, CEO da REM Offshore + Foto: Iván Kverme/Finansavisen
Åge Remoy, Presidenteda REM Offshore – Foto: Iván Kverme/Finansavisen

Já o Presidente da REM, Åge Remøy, declarou estar muito satisfeito com esta fusão, que vai manter as operações no escritório de Fosnavåg, criando ainda um grande potencial de crescimento e mantendo o emprego de seus aproximadamente 500 empregados altamente qualificados.

kjell_inge_rokke
Kjell Inge Røkke, um dos homens mais ricos da Noruega e braço forte da Aker Solutions

A Aker Solutions, grande controladora do negócio e que investiu US$ 59 milhões no refinanciamento da Solstad recentemente, ficou bastante satisfeita com a fusão. A empresa, através de seu homem forte, o milionário Kjell Inge Røkke e o Diretor Øyvind Eriksen, arquitetou toda a operação,  e deve ficar numa posição ainda melhor no mercado, tornando-se um player ainda mais influente no setor. 

Por Rodrigo Cintra

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta