Transpetro adia negociação do Termo Aditivo do Acordo Coletivo 2015 – 2017

0

putz

A Transpetro informou à Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aquaviários e Aéreos, na Pesca e nos Portos (CONTTMAF) que as negociações do Termo Aditivo ao Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2015-2017, relativo à revisão das cláusulas econômicas, só serão iniciadas depois de concluída a negociação do ACT do seu quadro de terra.

Em resposta, a CONTTMAF enviou um ofício à presidência da empresa considerando a atitude mais uma demonstração de descaso da atual administração com os trabalhadores marítimos e lembrando que, durante as negociações do ACT em vigor, a Transpetro buscou todos os meios para pressionar financeiramente os trabalhadores e judicializar as negociações, visando apenas protelar o reconhecimento de reivindicações justas de seus empregados.

Leia o Ofício enviado à Transpetro pela CONTTMAF.

Fonte: Sindmar

Por Redação

Deixe uma resposta