Otimismo da OPEP não conseguiu segurar a queda do petróleo

0

petroleo-caindo

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) expressou confiança de que o cartel conseguirá chegar a um acordo de corte na produção de petróleo até o fim de novembro. A declaração, no entanto, não foi suficiente para conter a queda dos preços dos barris, que acumulam perdas de quase 8% desde o fim de semana.

Às 13h58 desta quinta feira, dia 3/11, o petróleo Brent para janeiro caía 0,28%, a US$ 46,72 por barril, enquanto o WTI para dezembro recuava 0,73%, a US$ 45,02.

Em setembro, uma reunião informal da Opep realizada em Argel teve como desfecho um acordo preliminar que corta a produção dos membros do cartel para uma faixa entre 32,5 milhões e 33 milhões de barris por dia (bpd).

“Nós permanecemos profundamente otimistas com a possibilidade do acordo firmado em Argel ser complementado por uma ação precisa e decisiva entre todos os produtores”, diz a declaração da Opep.

Nos últimos dias, o Iraque, segundo maior produtor do bloco, afirmou que iria pedir para não ser incluído no acordo, pois não poderia ser dar ao luxo de perder receita enquanto trava uma guerra contra o Estado Islâmico.

Fonte: Dow Jones Newswires / Estadão

Por Redação

Deixe uma resposta