Clandestinos aguardam liberação em Paranaguá

0

electraTrês imigrantes clandestinos guineenses estão detidos na delegacia da Polícia Federal de Paranaguá desde a última quinta-feira (10). As informações são do Diário do Estado.

Os dois homens e um adolescente, embarcaram em direção ao Brasil no porto de Conacri, na república da Guiné, no continente africano, e viajaram por mais de cinco mil quilômetros no porão do navio Electra, de bandeira liberiana. Eles foram encontrados debilitados por tripulantes da embarcação, que acionaram a Polícia Federal para tomar providências em relação aos imigrantes. O navio carregado com açúcar aguarda autorização para atracar no Porto de Paranaguá e está fundeado ao largo da baía, e por conta disso, uma lancha precisou ser usada para que os agentes chegassem até o local.

Os imigrantes foram encontrados em um compartimento do navio, e durante todo o trajeto não tiveram acesso a alimentação e viajaram em condições desumanas. Eles disseram aos policiais que fugiam da fome e da miséria que assola o país africano. Os guineenses receberam tratamento médico e devem permanecer na DPF, onde aguardam autorização judicial para deportação.

Fonte: Viviane Nonato / Massanews

Por Redação

Deixe uma resposta