Alto custo dos portos brasileiros afasta navios de cruzeiro

0

custo-brasil

A nova temporada de cruzeiros começou, neste domingo (13), no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, considerado o maior da América Latina. Isso porque o primeiro navio em trânsito atraca no cais santista. No Brasil, a temporada começa oficialmente no dia 21.

Porém, tanto em Santos como em todo o país, o setor de cruzeiros passa por uma crise. Em quatro anos, houve uma queda de 54% no número de navios de cruzeiros regulares na costa brasileira. Além disso, somente em Santos, o número de passageiros nesta temporada será 42% menor em relação a última.

O primeiro navio de trânsito, o Insignia, da Oceania Cruises, chegou neste domingo ao Porto de Santos. As operações no Terminal Marítimo de Passageiros Giusfredo Santini-Concais começam no dia 6 de dezembro e terminam no dia 13 de abril de 2017.

Quinze navios passarão pelo porto santista. Destes, quatro cruzeiros são regulares, sendo o MSC Preziosa, MSC Musica, Costa Fascinosa, e Sovereign, da CVC e outros 11 navios são de trânsito, um a mais do que as duas últimas temporadas. O Concais receberá quatro (quatro) navios de trânsito pela primeira vez, são eles: Norwegian Sun (NCL), Crystal Serenity, Amadea e Fram (Hurtigruten). No total, serão 92 escalas.

Na última temporada, o número total de navios em trânsito já tinha sido superior aos que fizeram escalas regulares. Naquele período, foram 10 embarcações em trânsito e sete regulares. Já neste ano, serão 15 navios, sendo 11 em trânsito e apenas quatro regulares. 

A previsão é que 455.741 mil passageiros circulem pelo Terminal Marítimo de Passageiros (entre embarque, desembarque e trânsito), em Santos. Porém, haverá uma queda de 42% do número de passageiros que irão embarcar e desembarcar no cais santista, se comparado à temporada anterior. Na temporada 2015/2016, foram 700.408 pessoas. Já na próxima, que começa neste domingo, a previsão é 409.796 passageiros embarquem e desembarquem em Santos. Cerca de 300 profissionais serão mobilizados no Concais, que irão trabalhar das 7h às 18h, para atender os passageiros.

Cruzeiros no Brasil

Assim como em Santos, os outros portos do país também têm sofrido com a queda no número de navios de cruzeiros. De acordo com os dados da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia Abremar Brasil), nesta temporada, serão sete navios sendo que, em 2012, esse número chegou a 15, o que representa uma queda de 54%. (Confira a tabela ao lado).

As embarcações navegarão por 13 destinos no Brasil, e por outros 13 locais em países da América do Sul: Argentina; Chile; Uruguai e Port Stanley (nas Ilhas Malvinas). Os roteiros terão duração mínima de três noites e máxima de vinte noites.

A Abremar aponta os altos custos dos portos do país como um dos motivos para essa queda no número de navios de cruzeiros no Brasil. A busca do ganho de competitividade para que o Brasil atraia os armadores é uma das frentes de trabalho da Associação. Entre as atividades da Abremar está o debate com o Governo Federal, o Legislativo, o Judiciário e os fornecedores na busca por um ambiente com segurança jurídica, custos e impostos similares aos encontrados em outros países.

Fonte: Mariane Rossi / G1

Por Redação

Deixe uma resposta