Siem Helix 2 é incoporado à frota da Siem Offshore e vai operar com a Petrobras

0

A Siem Offshore informou agora no final do mês que a embarcação Siem Helix 2, sua segunda unidade para serviços especializados em intervenção de poços, foi incorporada a frota.

A incorporação aconteceu no estaleiro Flensburger Schiffbau-Gesellschaft, localizado na Alemanha.

Assim como o Siem Helix 1, seu navio irmão, o Siem Helix 2 fo construído sob regras de classe MODU (Mobile Offshore Drilling Units), um pouco diferentes e bem mais exigentes que as exigidas para embarcações mais simples, e  é mais uma unidade com as especificações de projeto SALT 307 WIV, que tem as especificações mais complexas já  operadas pela empresa, assim como as maiores dimensões.

O navio possui 158 metros de comprimento total, por 31 metros de boca (largura para os leigos) e possui acomodações suficientes para levar confortavelmente 150 pessoas.

Ele possui um moonpool (uma abertura no convés, como se fosse uma piscina, que dá acesso à água e permite realizar suas diversas operações com equipamentos submersos, já que os mesmos são lançados e recolhidos através dele, além de diversos equipamentos e guindastes para realização dessas atividades,além de um sistema de skidding.

Os dois navios, Siem Helix 1 e 2, foram contratados pela empresa americana Helix Energy Solutions em fevereiro de 2014 por um período inicial de 7 anos, que pode ser estendido até 22 anos se todas as opções de extensão forem utilizadas.

A Helix Energy então buscou contrato com a Petrobras por um período inicial de 4 anos e com opções para extensão.

Conforme noticiamos aqui no Portal Marítimo (clique aqui para acessar), o contrato deveria começar em Julho de 2016, porém diversos atrasos ocorreram.

Mais uma unidade destinada às nossas águas e que vai gerar empregos locais.

Ficamos na torcida pelo sucesso em mais esta empreitada pela Siem, que sempre foi uma empresa de referência em serviços de apoio para a indústria petrolífera.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta