Porto de Santos recebe repasses de R$ 26 milhões do Governo Federal

0

O Governo Federal está repassando R$ 26 milhões para investimentos no Porto de Santos. A liberação foi informada ontem pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp). São recursos do Tesouro Nacional que foram repassados nos últimos dias de 2016, relativos à verba já adiantada pela Codesp.

O maior montante, mais de R$ 9,5 milhões, foram direcionados para o Sistema de Gerenciamento de Informações do Tráfego de Embarcações (VesselTraffic Management Information System – VTMIS), que está sendo implantado no Porto de Santos. A perspectiva é de que até o final de 2017 já será possível o monitoramento das embarcações através de alguns radares”, explicou o  diretor presidente da Codesp, José Alex Oliva. “As embarcações serão monitoradas já na chegada à área de fundeio, bem como na entrada e saída do Porto”.

O centro de controle do VTMIS está instalado na antiga Ponte de Inspeção Naval, hoje Centro Comando Operacional Naval (CCON), localizada na Ponta da Praia. 

A segunda maior transferência, de R$ 8,84 milhões, é inerente às obras do acesso rodoviário ao cais da Margem de Santos. Uma é a ligação Canal 4 – Ponta da Praia. A Codesp está fazendo a readequação da Avenida Mário Covas, conhecida como Avenida Portuária, e da Avenida Ismael Coelho de Souza, a chamada avenida interna. Está prevista a modernização das pistas, a transferência das linhas férreas para junto da Avenida Mário Covas, a construção de dois viadutos e a melhoria da confluência das avenidas na região da Bacia do Macuco (Canal 4) para melhorar a distribuição do tráfego portuário e urbano.

Outro investimento é na ligação Saboó-Alemoa, acesso terrestre da margem santista do Porto. 

Também foram repassados R$ 220.488,15 destinados à Avenida Perimetral da Margem de Guarujá. As obras de maior vulto são a construção de uma ponte estaiada sobre a Rodovia Cônego D. Rangoni e um viaduto na Av. Santos Dumont.

Para a infraestrutura de cais, foram repassados R$ 4,86 milhões na recuperação e reforço para aprofundamento dos berços entre os armazéns 12A e 23. Foram remanejados ainda R$ 7,66 milhões à dragagem para até 15 metros.

O reforço do cais está recebendo a recuperação estrutural da laje existente. A entrega da obra é prevista para dezembro de 2017.

Fonte: Diário do Litoral

Por Redação

Deixe uma resposta