Conheça o Dream Symphony – o maior veleiro de luxo do mundo

0

Seu nome é Dream Symphony e assim que estiver com sua construção concluída, o que deve ocorrer ainda este ano, será o maior veleiro de luxo do mundo, com 141 metros de comprimento por 18 metros de boca.

O duelo sem fim entre os veleiros EOS e Maltese Falcon finalmente chegará ao fim. De um lado o Falcom reclama a liderança por possuir 256 pés (78 metros) de comprimento de linha d’água, 20 pés a mais que o EOS. Do outro lado o EOS reclama a liderança por possuir 305 pés de comprimento total, graças a sua proa tipo “bowspirit”, que se projeta à vante.

Maltese Falcon
EOS – 305 pés (93 metros) de comprimento total devido a sua proa “bowspirit”

Assim, o Dream Spirit seria um tipo de “pacificador”, acabando de vez com a dúvida de qual seria o maior veleiro de luxo do mundo.

Projetado por Ken Freivokh and Dykstra Naval Architects Studio, localizado em Amsterdam, Holanda, os mesmos que projetaram o maltese Falcon, o Symphany terá quarto mastros com altura máxima de 75 metros e uma área de vela total de 5000 m2.

A embarcação, que será classificada pela RINA e que está sendo construída no Estaleiro Dream Ship Victory Shipyard, na Turquia, terá dois conveses, com uma clara divisão entre o espaço do proprietário e o da tripulação. Uma piscina na popa, com um estofamento capaz de sustentar o peso de um helicóptero.

Estrutura foi toda construída com madeira iroko

Para tornar o projeto ainda mais interessante, temos o fato do barco ser construído basicamente de madeira, o que faz dele um grande desafio tecnológico, já que as seções de madeira não podem ser utilizadas a partir de certo comprimento devido aos esforços aos quais o iate será exposto. Assim, o projeto prevê uma montagem com compensados laminados, com a finalidade de criar um casco sólido e robusto, completando a construção do barco com uma camada externa de fibra de vidro.

Um projeto desafiador

A Nevesbu, empresa holandês que é referência na área, foi responsável pelos cálculos de elemento finito para este casco. Neste caso, todo o casco teve que ser incluído nos cálculos por causa do formato do mesmo: o casco estreita de meia nau para a proa e tem a popa em formato de lágrima, como se fosse uma típica proa de barco, só que de cabeça pra baixo.

A madeira utilizada na construção foi iroko, que é altamente resistente e que será capaz de resistir a enorme carga de compressão que será exercida pelos mastros, as tensões exercidas pelos estais e os esforços gerados pelas ondas no mar.

O barco deve ficar com este design no final

O luxo a bordo é total, e engloba materiais de construção e acabamento de altíssima qualidade e espaço para 18 passageiros, distribuídos em 9 camarotes, enquanto a tripulação poderá ser composta de até 32 integrantes.

O iate também virá equipado com dois motores de 6700 BHP, o que não significa nada em comparação à área de vela.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta