Maersk deve vender mais ativos no Brasil em breve

0

A Maersk Energy, nascida da decisão da empresa em dividir seus negócios em apenas dois segmentos (Energia e Transporte / Infraestrutura), planeja vender seus ativos ligados à área de petróleo e gás no Brasil, em mais um movimento da empresa para passar pela crise.

O CEO da empresa, Claus Hemmingsen, declarou para a imprensa que as atividades serão diminuídas e ficarão concentradas no Mar do Norte, tanto na parte norueguesa como na parte britânica, tendo um foco especial nas atividades específicas da Maersk Oil.

A empresa atualmente está revendo todos os seus investimentos na América Latina e deve apresentar algumas novidades agora em 2017. Os ativos da empresa no Brasil estão na Bacia de Campos.

Após as declarações do CEO da Maersk Energy, Claus Hemmingsen, tudo indica que os ativos brasileiros serão vendidos

A Maersk tem uma participação de 20% no Campo de Wahoo(C-M-101) e 27% em Itaipu (C-M-61). Esses ativos estão atualmente sem muita importância na empresa e tudo indica que serão negociados em breve, segundo as especulações que já corriam nos bastidores do mercado desde o fechamento do escritório da empresa no Rio de Janeiro no ano passado, após a venda de seus ativos, que representavam 40% do Campos de Polvo, para a PetroRio e que agora fazem todo sentido com a declaração do CEO da Maersk Energy.

A saída da empresa do Brasil ajudará na sua meta de redução de custos e redução de seu break even, muito impactado com as sucessivas baixas no preço do petróleo.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta