Rússia ultrapassa Arábia Saudita e torna-se o maior produtor de petróleo do mundo

0

A Rússia ultrapassou a Árabia Saudita como maior produtor de petróleo do mundo em dezembro, quando ambos os países começaram a restringir os fornecimentos diante dos cortes acordados com outros produtores globais para conter a pior queda dos preços da commodity em décadas.

No último mês de 2016, a Rússia bombeou 10,49 milhões de barris por dia, ante 29 mil barris por dia em novembro, enquanto a produção saudita recuou para 10,46 milhões ante 10,72 milhões de unidades diárias em novembro. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pelas Iniciativa Conjunta de Dado de Organizações (JODI, na sigla em inglês), em Riad. Foi a primeira vez que a Rússia superou a Árabia Saudita desde março.

A Árabia Saudita e os produtores parceiros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) decidiram, no fim de novembro passado, cortar a produção em 1,2 milhão de barris por dia durante seis meses a partir de 1º de janeiro deste ano. Produtores que não fazem parte do grupo, como a Rússia, se comprometeram a fazer cortes adicionais. Desde o acordo, no fim do ano passado, a cotação do barril de petróleo tipo Brent (referência internacional) subiram cerca de 20%.

Os Estados Unidos vêm logo depois, em terceiro lugar, com 8,8 milhões de barris por dia no último mês de 2016, ante extração total de 8,9 milhões de barris em novembro, segundo a JODI. O Iraque ficou na quarta posição, com 4,5 milhões de unidades por dia, seguido da China, com 3,98 milhões de barris diários, segundo os dados.

As exportações da Arábia Saudita caíram para 8 milhões de barris por dia em dezembro, a partir de 8,26 milhões de unidades diárias – o maior fluxo de saída para qualquer mês desde maio de 2003, informou a organização.

Fonte: Bloomberg

Por Redação

Deixe uma resposta