APM Terminals vai expandir o terminal de Port Elizabeth para receber ULCVs

0

A APM terminals decidiu aumentar seus investimentos para suas instalações em Port Elizabeth, África do Sul, para US$ 200 milhões, a fim de prepará-lopara receber os ULCVs (Ultra Large Container Vessels).

O terminal recebe 2100 caminhões por dia e mais de 500 navios por ano. Sua capacidade atual de 1,5 milhão de TEUs será expandida para 2,3 milhões de TEUs e o cais poderá receber três ULCVs simultaneamente.

O investimento planejado inicialmente era de US$ 70 milhões, mas a APM Terminals, que é parte do grupo AP Moller Maersk, resolveu entrar com tudo e investir mais, já que precisa estar preparada para receber esses navios em outros portos, de acordo com as rotas oferecidas a seus clientes.

Comparte de sua estratégia, a empresa encomendou seis portêineres STS (Ship to Shore) para operar com esses gigantes nos portos de Nova Iorque e Nova Jersey, nos Estados Unidos.

Os navios devem começar a escalar o terminal de Port Elizabeth após o término da obra de elevação da Ponte Bayonne, que deve estar concluída até o final desse ano, fato que,juntamente com o alargamento do canal do Panamá,permitirá que navios deste porte acessem estes terminais da APM em localizações estratégicas.

Os investimentos devem incluir a expansão do espaço de armazenagem nos terminais, melhorias nos equipamentos para manobra dos contêineres e outras melhorias operacionais, fazendo o terminal da APM em Port Elizabeth um local bem ais seguro, operacional,produtivo e infinitamente mais rápido para as operações com caminhões, aumentando o nível de confiabilidade dos clientes da APM Terminals.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta