Nova Secretaria dos Portos deve ser liderada por indicação de Renan Calheiros

0

O Presidente da República, Michel Temer (PMDB), e o líder peemedebista no Senado, Renan Calheiros (AL), começaram a acertar os ponteiros na 5ª feira (9.mar.2017) à noite, durante encontro no Palácio do Planalto. O senador tem criticado o governo por abrir espaço ao PSDB e ao grupo de Eduardo Cunha. Temer quis saber como acalmar o líder.

Ao Poder360-Drive, Renan disse que não discutiu com o presidente reivindicações pessoais. E que pleitos da bancada são levados pelo líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR). “E também sempre estive próximo do Temer”, comenta.

Aliados de Temer, no entanto, contam que foi acertada a indicação do comando da área de Portos. O líder e o senador Jader Barbalho (PMDB-PA) tentam nomear como ministro  dos Portos o ex-senador Luiz Otávio (PMDB-PA) desde que ele foi afastado do cargo de assessor especial do Ministério dos Transportes numa briga com o PR.

Temer, na versão dos aliados, pediu tempo para resolver 3 problemas:

  • o próprio Luiz Otávio, citado por delatores da operação Leviatã, no âmbito da Lava Jato;
  • resistências da área econômica à criação de 1 novo ministério;
  • imagem do governo: criar uma pasta em meio ao ajuste fiscal.

O Planalto tentará também evitar a posse de 1 adversário de Renan como relator da Comissão Mista de Orçamento.

Já está definido que o Senado indicará a presidente da CMO, Rose de Freitas (PMDB-ES). Mas a Câmara ameaça colocar na relatoria o deputado Arthur Lira (PP-AL), filho do senador Benedito de Lira (PP), contra quem Renan deverá disputar a reeleição para o Senado em 2018.

Antes de falar com Temer, Renan Calheiros esteve no Planalto com o Ministro-Chefe da Secretaria de Governo, Moreira Franco. Apresentou seu roteiro da “tomada de espaço” no governo pelo grupo de Eduardo Cunha. No retorno ao Congresso, ele contou aos senadores que o governo estava sendo pressionado a empossar outro deputado do PP, Cacá Leão (BA), como presidente da CMO, no lugar de Rose de Freitas.

Fonte: Poder 360 – Drive

Por Redação

Deixe uma resposta