Seatankers compra navio sonda e vai afretar para a Seadrill, mas cenário continua preocupante

0

O bilionário investidor John Fredriksen concordou em comprar um navio sonda do estaleiro sul-coreano Hyundai Samho Heavy Industries, terminando uma longa disputa, segundo informações divulgadas pela Seadrill nesta segunda-feira.

John Fredriksen vai comprar o “West Mira” através da Seatankers, e não através da Seadrill, que está passando por uma reestruturação de US $ 14 bilhões em dívidas e passivos, e onde o bilionário detém uma participação de 24%,além de ser o criador da empresa.

O preço da transação não foi divulgado, mas há rumores de que a Seatankers pagaria irrisórios US$ 360 milhões pelo navio, aproximadamente metade do valor de mercado da unidade.

A West Mira é uma sonda semi submersível de 6ª geraçãofoi inicialmente encomendado pela Seadrill, que cancelou o contrato com a Hyundai em 2015, adiando a entrega e iniciando uma verdadeira batalha judicial cujo desfecho era esperado para apenas 2018.

Seguem dados técnicos da West Mira:

Detalhes técnicos da West Mira – Fonte: Seadrill
Detalhes técnicos da West Mira – Fonte: Seadrill

Como resultado do negócio, a Seadrill receberá um reembolso da Hyundai de US $ 170 milhões que já havia pago pela sonda e evita um prejuízo de US$ 44 milhões, o que deu um up de 10% em suas ações.

A Seatankers deve afretar o navio para a Seadrill operar, já que navios sonda não fazem parte de seu core business.

A Seatankers também recebeu uma proposta para comprar outra sonda, a “Bollstad Dolphin” da Hyundai, inicialmente destinada a Fred. Olsen Energy, mas não houve nenhuma manifestação do armador em relação a esta embarcação.

No final, nada muda em relação à atual situação da Seadrill.

O negócio da Seadrill agora é conseguir um aporte de US$ 1 bilhão, pelo menos, para seguir respirando e executar seu plano de recuperação, como já informado em nossas páginas. Como dissemos anteriormente, é tudo ou nada.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta