Arábia Saudita e Irã mantêm produção diária em patamares consideráveis

0

A oferta de petróleo da Arábia Saudita aos mercados mundiais ficou quase estável nos dois últimos meses e alinhada com as metas de corte de produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), disse o ministro saudita de Energia em nota nesta terça-feira, buscando afastar preocupações do mercado de que sua produção cresceu em fevereiro.

A Arábia Saudita reportou à Opep que sua produção cresceu para 10,011 milhões de barris por dia em fevereiro –o que ainda estaria alinhado com sua meta de cortes da Opep–, alta de 263 mil barris por dia ante janeiro.

O Ministro de Energia disse em sua declaração que a quantidade de petróleo ofertado ao mercado em fevereiro caiu para 9,90 milhões de barris por dia, ante 9,99 milhões em janeiro.

Irã segue na mesma pegada

O Irã manterá sua produção de petróleo em 3,8 milhões de barris por dia no segundo semestre de 2017, disse o Ministro do Petróleo do país nesta terça-feira, desde que outros membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) sigam o nível de produção acordado em novembro.

“Se os membros da Opep permanecerem comprometidos com o acordo (de congelamento da produção), o Irã produzirá 3,8 milhões de bpd de petróleo na segunda metade do ano”, disse Bijan Namdar Zanganeh, segundo a agência de notícias estatal IRNA.

A Opep resolveu, em 30 de novembro, reduzir a produção em 1,2 milhão de bpd para 32,5 milhões de bpd nos primeiros seis meses de 2017. Outros produtores independentes, como Rússia, Omã e México, acordaram cortar em 558 mil bpd a produção.

Por Rania El Gamal & Bozorgmehr Sharafedin / Reuters

Por Redação

Deixe uma resposta