Justiça decide a favor da Diamond Offshore e Petrobras não pode manter cancelamento de contrato da Ocean Valor

0

Nesta quinta feira a Diamond Offshore, mais conhecida em nosso país como Brasdril, teve uma decisão a seu favor nos tribunais. A corte declarou que a Petrobras não pode encerrar o contrato da plataforma Ocean Valor, conforme já havia feito unilateralmente em agosto de 2016, causando bastante negativo na Diamond.

A Petrobras pode recorrer da decisão, mas ainda não se manifestou oficialmente sobre o ocorrido.

O contrato da sonda com a estatal brasileira havia sido renovado em 2014 e tinha prazo de encerramento previsto para outubro de 2018. E desde a época em que foi encerrado pela Petrobras, representantes da Diamond já questionavam a decisão e não acreditavam  que a Petrobras tivesse  uma base válida ou legal para a rescisão do contrato.

Foi uma grande vitória para a Diamond Offshore, que continuará a receber a diária de US$ 455 mil, o que permitirá que a empresa respire um pouco mais aliviada diante da crise do petróleo que ora encontra-se em curso.

Mesmo assim as coisas estão ainda longe de um patamar que possa ser considerado tranquilo.

A Petrobras deve apelar da decisão no Superior Tribunal de Justiça.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta