Macaé recebeu esta semana a Avant Premiére da Brasil Offshore 2017

0
Salão do Hotel Grand Nobile ficou lotado – Foto: Portal Marítimo

Nesta última quarta feira, dia 29 de março, fomos convidados pela Prefeitura de Macaé para participarmos da Avant Premiére da feira Brasil Offshore 2017.

O evento ocorreu no Salão do Hotel Grand Nobile Macaé e foi palco da primeira discussão pública que antecede a proposta de legislação do petróleo a ser apresentada no Congresso Nacional e teve como temas principais: Conteúdo Local, Tributação do Setor, Licenciamento, Abertura ao Capital Estrangeiro, Flexibilização do Operador Único e Incentivo à Exportação.

Mesa foi composta em sua maioria por figura de destaque na Indústria do Petróleo – Foto: Portal Marítimo

A mesa foi composta por algumas figuras de destaque no cenário petrolífero brasileiro, dentre os quais destacamos o Prefeito de Macaé, Dr Aluízio, o Diretor-Presidente da ABESPETRO, Jose Firmo e o Secretário-Executivo do IBP, Antonio Guimarães.

Dr Aluízio, Prefeito de Macaé, fala para a plateia do evento – Foto: Portal Marítimo

O fórum foi intermediado pelo Jornalista William Waak, que brilhantemente cumpriu seu papel jornalístico fazendo o contraponto de tudo o que era dito e, mais que isso, colocando pimenta na discussão fazendo as perguntas que tradicionalmente as pessoas não querem responder e o mais bacana foi ver que a mesa respondeu, sem volteios, a todas as perguntas.

O Jornalista William Waak mediou o fórum – Foto: Portal Marítimo

Muito bom estar num fórum onde não há pergunta proibida e com uma mesa que respeita os espectadores, que lotaram o local, respondendo e deixando a impressão de que temos um caminho a seguir para a recuperação da indústria petrolífera bem desenhado, faltando, somente, que as autoridades sancionem este caminho em forma de lei para que as coisas voltem aos eixos.

O que se tira de um evento como esse é a necessidade de flexibilização do Conteúdo Local, da mudança da Legislação que causa um grande entrave a investimentos e do treinamento adequado de nossa força de trabalho local.

Ponto negativo

Haveria uma coletiva ao final do evento, pela qual os jornalistas ficaram esperando com perguntas e câmeras em punho. Porém, infelizmente, a organização do evento cancelou a coletiva sem informar à Imprensa. Uma pena.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta