Halliburton planeja compra da Aker Solutions – e isso nada tem de fenomenal

0

Temos visto um estardalhaço enorme feito por sites que dizem ser especializados como se a provável compra da Aker Solutions pela Halliburton fosse algo fantástico, inesperado, exclusivo,fenomenal…

 

A Halliburton, para quem não sabe, já vem buscando oportunidades de compra de empresas desde que o petróleo entrou em baixa. Para muitas empresas, este é o momento de comprarem e depois valorizarem as aquisições para aumentarem seu próprio valor de mercado ou então para venderem as aquisições.

A Aker, por sua vez, não vai confirmar nada até que o negócio seja feito, nem mesmo os rumores. Ela simplesmente não vai comentar e é esta a melhor atitude a ser tomada. Porém, nos bastidores o que sabemos é que um acordo já foi delineado e está prestes a ser assinado.

Empresas deste porte,a todo momento estão negociando compras e vendas, de parte ou do todo.São grupos de investidores, liderados por grandes mentes, que buscam sempre bons negócios com um lucro atrativo.

Você, que me lê agora, tenha certeza que provavelmente sua empresa já mudou de mãos algumas vezes, mas você nem percebeu. Isso faz parte do jogo.

A Aker é uma empresa que vai tão bem, mas tão bem, que somente os rumores já jogaram as ações da empresa 20% em cima. Há todo um jogo acontecendo nos bastidores, ainda mais em se tratando de uma empresa controlada pelo milionário Kjell Inge Røkke, uma verdadeira águia para os negócios e profundo conhecedor da área.

O barulho acontece muito mais por uma empresa americana estar fazendo uma oferta atrativa a uma empresa norueguesa, sendo que são concorrentes e fica aquela coisa de “se não posso com ele, quero tê-lo comigo”.

A Halliburton na verdade quer comprar o setor específico de engenharia submarina da Aker, mas está disposta a pagar o preço e comprar a empresa toda, se for preciso. A negociação vem se estendendo porque a Aker é uma empresa que vai bem, dá lucro, e não está vendendo o almoço para comprar a janta como muitas outras que sentiram o impacto da crise do petróleo. Além disso, a Aker é estatal, e isso facilita a transação.

Como se não bastasse, com a valorização da Aker na Bolsa de Oslo e com a vontade da Halliburton de comprar pelo menos a parte de engenharia submarina,o negócio deve ser fechado num valor mais alto do que se esperava.

É o mesmo ti-ti-ti da época em que a Halliburton queria comprar a Baker Hughes, no ano passado. Deu tudo errado no final das contas e a empresa perdeu muito dinheiro nesta tentativa de comprar a Baker. Houve toda uma questão regulatória envolvida e o negócio tornou-se inviável.

As condições para esta possível compra da Aker são bem melhores em se tratando de regulação, já que envolve menos ativos, valores bem menores e não vai causar problemas de formação de truste e prejuízo à concorrência no setor.

 

 

A Halliburton é uma das líderes mundiais, ocupa uma posição ainda mais destacada tendo se valorizado em 2016 após ter obtido ótimo faturamento na costa americana, mediante um baixo custo operacional. A empresa é gigante e já esteve envolvida em polêmicas que envolvem desde favorecimentos feitos por parte dos ex presidentes americanos George Bush (pai e filho), polêmicas envolvendo o ex Vice Presidente Dick Chenney, passando pelas guerras no Iraque, onde a empresa ganhou quase US$ 40 bilhões, roubo de computadores estratégicos aqui no Brasil,  até a possível venda de tecnologia nuclear para o Irã. Intrigas da oposição? Pode ser, mas o fato é que a empresa está profundamente envolvida com o oil business americano e grandes movimentos sempre são esperados da mesma.

Infelizmente, num meio onde o Portal Marítimo foi pioneiro e, por isso, lidera, hoje aparece todo tipo de gente se dizendo especialista no assunto.

A esses pedimos encarecidamente que “clipem” matérias, informem, mas ao comentar tenham extremo cuidado. É muita besteria sendo escrita, e nossas pautas, como esta, que estava aguardando o fechamento do negócio para ser publicada, tem que ser adiantadas, tamanha é a cobrança de nossos leitores, principalmente aqueles que fazem parte do processo decisório das grandes empresas.

Não sabemos se agradecemos ou reclamamos, mas enfim… Let´s play the game.

Vamos esperar pelo fechamento no negócio e esperamos que nossos colegas de ambas as empresas mantenham seus empregos e continuem prestando um serviço de altíssimo padrão.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta