Robert Allan apresenta o inovador projeto RAmparts 2500-CL

1

A Robert Allan, empresa canadense especializada e líder global em projetos de embarcações apresentou a nova série de rebocadores portuários RAmparts 2500-CL, um projeto exclusivo desenvolvido junto aos estaleiro Cheoy Lee e que deve ter as suas primeras unidsdes entrgues no início de 2018.

A nova série é uma evolução do design RAmparts 2500-W, que foi atualizado para seguir a estratégia de mercado da Cheoy Lee em oferecer embarcações que possuam maior flexibilidade para atender diferentes demandas de seus clientes.

Vista da Proa – Formato levemente arredondado dá mais segurança e agilidade às operações.

Segundo a Robert Allan, casco e propulsor do RAmparts 2500-CL evoluíram para proporcionar a máxima capacidade de navegar e máxima capacidade de tração estática também, mantendo uma excelente manobrabilidade e boa autonomia.

O projeto traz um castelo de propa levemente elevado, o que ajuda a manter o convés mais seguro e principalmente seco duante as manobras.

Chama a atenção igualmente o formato levemente arredondado que permitirá a este tipo de barco operar de forma mais segura podendo rapidamente vir a contra bordo de uma embarcação para as manobras corriqueiras, como também afastar-se da mesma.

Não podemos deixar de mencionar o que já é uma marca registrada da Robert Allan que é a popa “double chined”, um recurso de engenharia que permite ao rebocador navegar em altas velocidades para vante ou para ré, sem perder sua estabilidade e manobrabilidade.

Projeto é inovador em todos os sentidos. E o mercado não poderia esperar menos que isso da Robert Allan
Este projeto está apto a receber uma série de adaptações de acordo com o pedido do armador, como por exemplo:
  • Sistemas de propulsão para 50, 60 ou 70 toneladas de tração estática (bollard pull)
  • Guinchos de manobra à vante com tambor single ou split
  • Guincho de ré opcional
  • Sistema de Combate à Incêndio Classe 1 – mas o padrão é o classe 1/2
  • Várias opções de acomodações totalmente dentro dos padrões da MLC
Principais dimensões do RAmparts 2500-CL:
  • Comprimento Total: 25.4 m
  • Boca: 11.8 m
  • Pontal: 4.6 m

O Comprimento de Regra (rule lenght) foi mantido abaixo dos limites mencionados na Convenção Internacional de Borda Livre e na Convenção Internacional de Tonelagem, o que acabou por criar um volume máximo interno, melhorando o espaço para as acomodações e o conforto disponível para a tripulação.

Vista da Popa – Área bastante clara e compacta, num projeto totalmente concebido para as necessidades mais desafiadoras. O castelo de proa levemene elevado garante operações bem mais seguras.

O projeto foi concebido de forma a estar enquadrado nos requisitos de classe daLloyds Register com a seguinte notação de classe: LR ✠ 100A1 TUG, ✠ LMC, ✠ UMS, IWS

A 98% de carga, o barco consegue armazenar em seus tanques:

  • Óleo Diesel: 91 m³
  • Água Doce: 11 m³
  • Espuma de Combate a Incêndio (opcional): 5 m³
  • Dispersante para derramamento de óleo (opcional): 5 m³

Mais uma vez a Robert Allan coloca-se à frente de suas concorrentes e mostra o porquê de sua liderança de mercado.

No Brasil a empresa tem grandes clientes operando no reboque portuário e na navegação interior, no importantíssimo seguimento das hidrovias que cortam nosso país.

Por Rodrigo Cintra

1 COMENTÁRIO

  1. Impressionante a empresa é líder no segmento com projetos básicos para empurradores fluviais e rebocadores portuáriois.

Deixe uma resposta