Marinha encontra dois corpos de pescadores do naufrágio que ocorreu na costa de Angra dos Reis

0
1018

A Marinha do Brasil, através do Comando do 1° Distrito Naval, informou, no início desta semana que resgatou dois corpos dos cinco pescadores que estavam desaparecidos após o naufrágio do pesqueiro Nossa Senhora do Carmo I, que naufragou na costa de Angra dos Reis no último dia 8 de novembro.

Os corpos foram encontrados a cerca de 120 km ao sul ba Baía de Ilha Grande por uma aeronave UH 15 Super Cougar, que localizou visualmente os corpos, permitindo que os mesmos fossem resgatados pelo navio patrulha Macaé.

Os corpos encontrados foram identificados por familiares como sendo dos pescadores João Manuel Mendonca de Abreu, o Touro, de 63 anos de idade e Márcio Braga Dias, de 53. O reconhecimento foi realizado através de fotos, uma vez que os corpos já encontravam-se em estado de decomposição avançado. Tatuagens e marcas corporais foram cruciais na identificação.

Foram 10 horas de operações de busca e salvamento, também conhecidas como SAR (search and rescue) ininterruptas por militares da Marinha do Brasil e Força Aérea Brasileira, com diversos equipamentos como radares, navios e aeronaves, além da busca visual. Com a emissão de um Aviso aos Navegantes pelo Salvamar Sudeste, algumas embarcações que navegavam pela região também participaram das buscas.

As buscas pelos três ainda desaparecidos continuam e as famílias prosseguem na esperança de encontrá-los com vida. Os pescadores ainda desaparecidos são João Manuel Martins Moreira, Pinóquio, 53 anos, José Alves da Silva, o Pará, de 50 anos e João Manuel de Alves Perestrelo, o João Pedrada, de 68 anos.

A comoção é geral pelo ocorrido a estes profissionais e não somente os pescadores e familiares estão na torcida, mas toda a Marinha Mercante.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta