Sea Brasil vai operar em Peregrino para a Statoil

1

A Solstad Farstad anunciou que foi assinado um contrato de dois anos com possibilidade de extensão por mais um ano com a Statoil, para operações de apoio ao Campo de Peregrino, na Bacia de Campos.

A empresa vai mandar o Sea Brasil, de bandeira brasileira, carinhosamente conhecido como “Trovão Azul”, para esta missão, um PSV 4700 de 88 metros de comprimento por 19 metros de boca e propulsão diesel elétrica alimentada por uma cavalaria de quatro motores Caterpillar 3512 DI TA SC, de 1628 kW de potência cada, totalizando respeitáveis 6512 kW entregues no barramento principal.

Quase 1 km2 de área de convés

Os propulsores são dois Azypods de 3400 BHP cada, que trabalham em conjunto com dois bow thrusters de 1200 BHP cada para manter a posição do navio durante as operações offshore.

O navio tem uma área de carga de 960 m2 e suporta até 2400 toneladas em seu convés principal, sem falar em seu moderno sistema híbrido e auto limpante de carga a granel projetado pela PG da Noruega, o ótimo PG Macs, que permite ao navio uma grande flexibilidade de produtos carregados em seus tanques e silos, oferecendo, desta forma, uma ótima opção aos seus clientes.

Sea Brasil

A Solstad Farstad está de parabéns por esta conquista e os queridos Comandantes Evandro e Miguel seguem com suas tripulações para mais esta empreitada. Profissionais diferenciados.

O navio acabou de sair de sua primeira docagem de cinco anos e deve cumprir com maestria mais um contrato longo.

O Sea Brasil detém o record de uma das maiores diárias (senão a maior) do offshore mundial para um PSV 4700, pois em 2013 e 2014 o navio operou para a British Petroleum a uma diária de US$ 43 mil, ainda na época em que era da armadora Deep Sea Supply.Número impressionante.

 

Por Rodrigo Cintra

1 COMENTÁRIO

  1. Cara! Infelizmente nunca embarquei, a não ser nos ferries Salvador-Itaparica. Fui no Rio muito rápido. E infelizmente não deu para realizar o desejo de conhecer as barcas Rio-Niterói. Os ferries aqui são quatro Cummins e cinco Caterpillar. Esses últimos mesmo, quando estamos no convés principal e demais com área externa, ouvimos aquele barulhão de trator que, quem adora motores, é o meu caso, chega enche os olhos de ouvir. Alguém pode me dizer se o mesmo se dá num PSV como esse maravilhoso Trovão Azul? Ou ouvimos apenas a vibração como nos demais navios? Fui ver um transatlântico saindo mesmo, chega me frustrei. Tamanhão de um mundo, mas só vibração!!!!

Deixe uma resposta