Dia da Marinha Mercante Brasileira – Mensagem do Diretor de Portos e Costas

0
774
Vice Almirante Lima Filho, atual Diretor de Portos e Costas

O Dia da Marinha Mercante Brasileira é comemorado há 55 anos, tendo sido escolhido o dia 28 de dezembro, por ser a data de nascimento de seu Patrono, Irineu Evangelista de Souza, o Visconde de Mauá. Homenagear tão importante Instituição é valorizar aqueles que sempre contribuíram de modo ímpar para o desenvolvimento de nosso País.

O mar é fundamental para o desenvolvimento e sobrevivência das nações. Desta forma, a Marinha Mercante tem natureza estratégica para o Brasil. Atualmente, o transporte marítimo é responsável por 95% das nossas exportações e importações. Vale destacar que a Marinha Mercante constitui. um dos principais componentes do Poder Marítimo brasileiro. Nosso território, com seus cerca de 8.500 km de litoral e 13.000 km de vias interiores navegáveis, depende sobremaneira desta modalidade de transporte, que apesar de seu baixo índice de aproveitamento, comparado com o rodoviário, por exemplo, pode gerar colapso em nossa economia, caso as linhas de comunicação marítimas sejam interrompidas em um determinado cenário. Ademais, o modal marítimo garante o funcionamento do comércio exterior, influencia na competitividade das exportações e contribui para a circulação equilibrada da economia doméstica.

Ao nos aproximarmos do final da segunda década do século XXI, nos deparamos com o aumento da demanda por produtos brasileiros para satisfazer as crescentes necessidades da população mundial. Grandes desafios tecnológicos e logísticos ocupam as nações ao redor do planeta, a fim de mitigar os problemas advindos do aumento da produção dos mais diversos insumos e a sua eficiente distribuição, tendo o transporte aquaviário um papel de destaque. Neste mister, deparamo-nos com as preocupações ambientais, legais e com a segurança da navegação. Os portos e seus canais de acesso vêm sendo modernizados, pois necessitam de maiores profundidades para receberem os super navios que cruzam as águas por todo mundo. Dentro deste contexto, os nossos aquaviários precisam estar cada vez melhor preparados para enfrentar os desafios das novas tecnologias, pois o fator humano é fundamental.

Os indicadores macroeconômicos nacionais vêm apresentando melhoras e, diante deste cenário, o cluster marítimo assume vital importância para o fluxo de todas essas riquezas. Assim, a Marinha Mercante continua sendo um dos pilares do progresso do Brasil. A Autoridade Marítima Brasileira (AMB), por intermédio da Diretoria de Portos e Costas, renova sua admiração pelos homens e mulheres que integram a Marinha Mercante. Mares calmos ou) tempestuosos sempre existirão, mas, ao final da travessia, teremos a certeza da atracação em um porto seguro!

Gente do mar! É com orgulho e satisfação que, na condição de representante da AMB, me dirijo às senhoras e senhores, apresentando o reconhecimento pelos relevantes serviços que prestam à Nação brasileira, pois o Brasil não pode prescindir de sua Marinha Mercante. Confiamos e contamos com o seu profissionalismo na condução segura de suas embarcações nos sete mares e na nossa Amazônia Azul. Os portos e os navios não podem parar. Sigam adiante com otimismo e perseverança!

A Marinha invicta de Tamandaré saúda mais uma vez a briosa Marinha Mercante de Mauá.

Viva o Brasil!

Deixe uma resposta