“M” de Mulher… “M” de Mercante…

Cinthya Lopes – Presidente da Sociedade Brasileira de Marinha Mercante

Ser mulher é mesmo muito especial. A mulher é capaz de agregar tantas qualidades que resumí-las seria quase injusto. Neste dia de justas homenagens gostaria de destacar a categoria da qual faço parte e da qual muito me orgulho: a Mulher Mercante.

A Mulher que tripula uma embarcação leva na bagagem não só a saudade mas também as angústias, os dilemas, a preocupação com quem ficou. O que faz a mulher mercante mais forte a cada embarque é sua garra, determinação, sua ousadia em estar ali. Nossa profissão é exigente demais! Independentemente do tipo de embarcação, fazer do mar ou das águas interiores sua moradia por vários dias ou meses, exige que esta mulher seja forte como talvez nem ela soubesse que poderia ser.

Mulheres mercantes são também aquelas que já navegaram e que hoje fazem sua história em terra, assim como eu. Dei a volta ao mundo em cima de navios e em meu trabalho hoje aplico tudo o que o mar me ensinou. Temos também colegas que hoje dedicam-se à família, mas que muito contribuiram deixando suas marcas pelos navios que outrora tripularam.

O confinamento, a rotina puxada, a solidão… A vida a bordo pode ser ao mesmo tempo dolorosa e fascinante. Árdua e gloriosa. Corriqueira e única! Só mesmo sendo mercante para entender a complexidade de sentimentos. E a mulher, vista antes como frágil, agora ocupa mais e mais espaco entre os fortes que lá estão.

Deixo aqui, em nome de toda a SOBRAMAM, uma singela homenagem à todas a mulheres de fibra que, com muita coragem, abraçaram esta carreira tão especial.

Parabéns pelo nosso dia!

E parabéns pela escolha!

Somos Mulheres, somos Mercantes

Cinthya Lopes – Presidente da Sociedade Brasileira de Marinha Mercante

Deixe uma resposta