Nova regra do Conteúdo Local libera R$ 418 bilhões em investimentos

0
360
Décio Oddone, Diretor- Geral da ANP – Foto: Agência Brasil

Em entrevista ao Jornal O Globo, Décio Oddone, Diretor-Geral da ANP, declarou que a flexibilização das regras de Conteúdo Local vai permitir a realização de diversos projetos, viabiliazando investimentos de até R$ 418 bilhões até 2022.

São 22 plantas de produção de petróleo e gás a serem lançadas até 2022, com investimentos de cerca de R$ 19 bilhões cada.

De acordo com as novas regras do CNPE (Conselho Nacional de Política Energética), os novos percentuais mínimos para serviços e equipamentos fabricados aqui no Brasil, liberando um waiver que retroage ao período de 2005 à 2015, ou seja, da 7ª à 13ª Rodada de Licitações, ficaram com a seguinte configuração:

– Construção: 25%

– Exploração/ Produção: 40%

– Plataformas de petróleo: 40%

Segundo a E&P Brasil, a ANP fiscalizou apenas a parte exploratória dos contratos de concessão que estão em vigor e a partir da 7a rodada, com a mudança na legislação vigente na época, o número de multas cresceu consideravelmente. Ainda falta a parte de produção, quando será fiscalizada a construção de plataformas e a perfuração de poços de produção de petróleo e gás. Em Libra, por exemplo, os índices de conteúdo local para perfuração não serão atingidos já que as sondas da Sete Brasil não saíram do papel.

Com o andamento dos projetos surge a esperança de trabalhadores e empresários por bons ventos na Indústria petrolífera, trazendo bons negócios, emprego, desenvolvimento e reaquecendo a atividsde, da qual nossa Economia tanto depende.

*com informações de E&P Brasil e O Globo

Por Rodrigo Cintra

 

Deixe uma resposta