Noruega terá a primeira operação autônoma em terminal de contêineres

0
4282

Conforme previsto em acordo ente as empresas Kalmar e a Yara, está sendo construído um terminal de contêineres totalmente autônomo e um sistema de transporte entre fábrica e porto também  automatizado em um nível que possibilitará uma operação totalmente autônoma.

Para a implementação do terminal, a Kalmar vai fornecer alguns de seus produtos de ponta:  Kalmar Automated Rail Mounted Gantry Crane (AutoRMG), três Kalmar FastCharge AutoStrads, uma estação de carregamento FastCharge e os sistemas de comunicação e segurança agregados.

O AutoRMG será o primeiro equipamento 100% automatizado para a carga e descarga dos navios, enquanto os FastCharge AutoStrads vão operar de forma totalmente autônoma na via pública, no trajeto entre a fábrica da Yara e a via pública.

Toda esta automação será implementada de forma gradativa, até que se atinja o objetivo principal do projeto que é possibilitar uma operação 100% autônoma e livre de emissões atmosféricas em um ambiente altamente complexo.

O Yara Bierkeland, conforme noticiado pelo Portal Marítimo, vai transportar os fertilizantes produzidos pela Yara, por vias navegáveis interiores, até aos portos de Larvik e Brevi, regiões altamente povoadas na Noruega, de onde serão exportados. A operação vai retirar cerca de 40 mil caminhões por ano das estradas.

Por Rodrigo Cintra 

Deixe uma resposta