O preço do petróleo caiu nesta terça-feira (19), antecipando a possibilidade de um aumento na oferta da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) conforme a intensificação das disputas entres os Estados Unidos e a China desencadeava grandes vendas em muitos mercados globais.

Os futuros do petróleo Brent recuaram US$ 0,26, fechando a US$ 75,08 por barril, enquanto os preços do petróleo dos EUA (WTI) caíram US$ 0,78, fechando a US$ 65,07 o barril.

A Rússia planeja propor um aumento na produção de petróleo de membros do acordo da Opep+ em 1,5 milhão de barris por dia (bpd), disse o ministro de Energia russo, Alexander Novak, à repórteres, dias antes de sua visita à Viena para a reunião do grupo nesta semana.

A Organização de Países Exportadores de Petróleo e aliados, que estão cortando a oferta desde 2017, vão se encontrar em Viena na sexta-feira, onde devem tomar uma decisão sobre se vão ou não aumentar sua oferta global da commodity, e em quanto.

O Irã, no entanto, disse que a Opep não deve chegar a um acordo sobre a oferta de óleo esta semana, montando o cenário para um embate com a Arábia Saudita e a Rússia, que estão pressionando para produzir mais a partir de julho, com o objetivo de suprir a crescente demanda global.

As disputas comerciais que estão se intensificando entre os EUA e a China também pesaram nos mercados globais, incluindo o de petróleo, disse John Kilduff, sócio do fundo de hedge de energia Again Capital LLC.

Fonte: Reuters

Por Redação

Deixe uma resposta