Teerã está procurando maneiras de contornar as iminentes sanções dos EUA. Uma das soluções pode ser recorrer à criptomoedas, assim Irã poderá exportar seu petróleo sem uso do dólar.

“Estamos tentando preparar o terreno para usar uma moeda digital nacional no país”, disse Alireza Daliri, representante da Diretoria de Assuntos Científicos e Tecnológicos do Irã à agência de notícias ISNA e citado pela PressTV.

“Essa moeda facilitaria a transferência de dinheiro [de e para] em qualquer parte do mundo, e também pode nos ajudar com sanções”, acrescentou. O Presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou que os Estados Unidos devema saír do acordo nuclear de 2015 com o Irã e novamente imporão sanções “no mais alto nível” contra o país. As sanções limitariam o acesso do Irã ao sistema de pagamento em dólares americanos. O petróleo, o maior produto de exportação do país, é comercializado principalmente em dólares em todo o mundo.

A mídia iraniana não ofereceu detalhes sobre a criptomoeda nacional, mas o seu lastro deve ser o petróleo, da mesma maneira que o Petro da Venezuela, o dinheiro digital que o país sul-americano usa para contornar as sanções de Washington.

Fonte: Sputnik

Por Redação

Deixe uma resposta