Em palestra realizada hoje (28/8) no seminário “Debates do Brasil – Os caminhos do futuro do Óleo e Gás no país”, no Rio de Janeiro, o diretor-geral da ANP, Décio Oddone, afirmou que, até 2054, são estimados investimentos de R$ 1,8 trilhão e arrecadação de R$ 6 trilhões.

“Trata-se de R$ 167 bilhões ao ano, o que equivale ao déficit fiscal do Brasil atualmente”. Segundo Oddone, há potencial para o Brasil produzir 5,5 milhões de barris de petróleo por dia em 2027, o que significa mais de 60 novas plataformas instaladas.

Além de Oddone, participaram o diretor da ANP Aurélio Amaral e representantes da indústria e das equipes econômicas de candidatos à Presidência da República. 

Oddone ressaltou que o mundo vive a transição para a economia de baixo carbono. “O País precisa deixar de perder oportunidades e optar por transformar seus recursos em riqueza, enquanto os recursos têm valor, e quando precisamos tirar milhões de pessoas da miséria”, declarou.

Fonte: ANP

Por Redação 

Deixe uma resposta