Poço da BP não apresenta mais riscos

0
247

O poço da BP que ficou danificado após a explosão da plataforma petrolífera Deepwater Horizon a 20 de Abril e que a empresa só conseguiu selar em meados de Julho, já não comporta quaisquer riscos. A garantia é dada pelo responsável que está a liderar as operações de limpeza, Thad Allen, citado pela “BBC News.

Este anúncio foi feito depois de os engenheiros terem substituído uma válvula danificada no referido poço. A referida válvula já foi levada para terra e está agora a ser analisada no âmbito do inquérito sobre o derrame que levou à pior maré negra da história, uma vez que o Macondo verteu entre 35.000 e 60.000 barris de crude por dia durante três meses.

Foto: Bloomberg

A BP comprometeu-se a constituir um fundo no valor de 20 mil milhões de dólares para indemnizar os residentes do Golfo que foram penalizados pela maré negra e para custear as operações de limpeza. Além disso, vai desembolsar mais alguns milhões de dólares para estudar o impacto ambiental do derrame e para promover o turismo nos Estados do Golfo que foram afectados, refere a “BBC News”.

Para ler esta matéria na íntegra, acesse Jornal de Negócios(Portugal)

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta