Concurso tem 28 mil vagas em cursos gratuitos no setor de petróleo

0

O Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Promimp), coordenado pelo Ministério de Minas e Energia em parceria com a Petrobras, encerra no próximo dia 12 as inscrições para o novo ciclo de cursos gratuitos de qualificação de mão de obra para atendimento a futuras demandas do setor. A prova para a seleção pública dos candidatos aos cursos será feita no dia 24 deste mês.

São cerca de 28 mil vagas em 13 estados (Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Sergipe e São Paulo), das quais 75% são destinadas a pessoas com escolaridade de nível básico.

O coordenador-executivo do Promimp, José Renato Ferreira de Almeida, informou hoje (8) à Agência Brasil que os interessados em participar devem ser brasileiros natos e ter mais de 18 anos. Para a maioria dos cursos, não é exigida experiência profissional. “É uma oportunidade muito boa para quem está interessado, a fim de trabalhar em atividades relacionadas ao setor de petróleo e gás”, disse.

Deixou claro que os cursos oferecidos pelo Promimp não asseguram emprego imediato aos alunos. “Porém, tudo é feito de maneira que sejam treinadas pessoas nas especialidades requeridas pelo mercado. Todos os cursos são programados de forma integrada com o nosso plano de investimentos, de maneira que eles estejam preparados quando a demanda ocorrer”.

Revelou que desde a criação do Promimp, em 2003, o índice histórico de absorção pelo mercado tem sido elevado. Das cerca de 78 mil pessoas já preparadas, o índice de empregabilidade com carteira assinada oscila entre 80% e 82%. “O índice de aproveitamento é bastante bom”.

José Renato afirmou que existem possibilidades de emprego na cadeia de petróleo e gás para todas as carreiras profissionais, “desde a área mecânica, elétrica, de edificações, automação, civil. Estamos falando de cerca de 185 diferentes especialidades. Então, eu diria que as oportunidades passam pelas áreas de planejamento, suprimento, projetos, montagem. É um leque bastante grande”. Ele recomendou que os interessados em participar da seleção chequem a relação candidatos/vagas por especialidade porque, às vezes, um curso historicamente menos procurado pode abrir maiores chances de emprego.

Para quem está desempregado são oferecidas bolsas de estudo, cujo valor é de R$ 300 nos cursos de nível básico; R$ 600 (níveis técnico e médio); e R$ 900 (nível superior). Um novo ciclo de seleção do Promimp poderá ser aberto no final deste ano ou início de 2011, disse José Renato. Ele admitiu que as recentes descobertas de petróleo e gás na área da camada pré-sal podem alavancar a demanda por profissionais mais qualificados. “Isso significa uma necessidade crescente de profissionais especializados nas várias áreas”.

Dependendo do ritmo das aulas, os cursos de nível básico, técnico e médio têm duração de até três meses. Para os cursos destinados a pessoas com formação superior, os cursos duram até oito meses.

Com as informações, a Agência Brasil

Por Marcus Lotfi

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta