Relatório da BP diz que Transocean ignorou perigo em plataforma

0

A empresa BP divulgou na quarta-feira um relatório interno em que se desvencilha de grande parte da culpa pelo recente vazamento de petróleo no golfo do México, acusando a empresa Transocean de ter ignorado sinais de perigo numa plataforma.

A BP defendeu o projeto do poço danificado, origem do pior vazamento marítimo de petróleo da história, e disse que falhas na plataforma de perfuração operada pela Transocean fizeram com que o gás tomasse conta da plataforma e criasse condições para a explosão de 20 de abril, que matou 11 funcionários e deu origem ao vazamento.

“Por um período de 40 minutos, a tripulação da Transocean deixou de reconhecer o afluxo de hidrocarbonetos para o poço e de agir” disse a BP em nota.

A empresa britânica criticou também a forma como o poço foi cimentado, uma obra feita pela Halliburton, e repetiu críticas anteriores a uma peça-chave do equipamento operado pela Transocean.

Para ler esta matéria na íntegra, acesse O Globo

Por Wilson Bonicenha

Deixe uma resposta