França traz experiência para Rio Oil & Gas 2010

0

A Ubifrance – Missão Econômica da Embaixada da França no Brasil – agência pública francesa encarregada da promoção e ampliação da presença das empresas francesas no mundo traz à edição 2010 da Feira Rio Oil & Gás, que ocorrerá de 13 a 16 de setembro (segunda a quinta-feira), empresas francesas com destacada atuação na Europa. Elas fazem parte de uma nova safra de fornecedores de equipamentos e empresas francesas de engenharia em busca de parcerias comerciais e industriais no Brasil. O stand deste ano, localizado no Hall 06 (Anexo – Pavilhões 3 e 4] contará com a participação de 33 empresas no maior evento de Petróleo e Gás da América Latina, que no último ano reuniu 800 expositores e 35 mil visitantes no Centro de Convenções do Riocentro, Rio de Janeiro.A França desenvolve tradicionalmente atividades de exploração e produção em águas profundas e ultraprofundas e é reconhecida pelo mercado brasileiro e pela Petrobras como sendo uma das principais fontes de tecnologias inovadoras para este setor. Diante disto, parcerias tecnológicas que existem há mais de 30 anos entre empresas francesas e brasileiras fortalecem cada vez mais os laços entre a França e o Brasil. Algumas destas empresas francesas já possuem contratos assinados com a Petrobras, como Aldelia, cujo contrato foi fechado em 2009 para a gestão de expatriados da Petrobras na Costa Oeste Africana, a CLS – que deve se instalar no Brasil e possui contratos no valor de 500 mil US$ com a Petrobras para equipamentos de informação metro-oceânicas e a Bardot – que através de uma joint venture com a SACCOR fornecem produtos que evitam a oxidação oceânica.

Lula e Sarkozy

O setor petrolífero francês ocupa a terceira posição mundial e possui diversos atores internacionais e muitas pequenas e médias empresas que, frequentemente, possuem um “know how” exclusivo com, muitas vezes, um conhecimento proprietário, particularmente no offshore em alto mar.

A indústria petrolífera e de gás francesas são massivamente orientadas para os mercados de exportação, com mais de 90% gerados fora das fronteiras. Apesar da crise econômica mundial, o volume permaneceu estável em 2009. A França obteve 3% das exportações no mercado mundial de petróleo e 2% das exportações no mercado mundial de gás natural.

Com décadas, até séculos de experiência no mercado francês e internacional, as empresas francesas trazem para o Brasil o melhor da tecnologia francesa. Durante sua presença no Salão Rio Oil & Gas, estas empresas francesas estarão abertas a parcerias com empresários brasileiros.

Para ler esta matéria na íntegra, acesse Revista Fator

Por Rodrigo Cintra

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta