Transpetro confirma estaleiro de R$ 430 milhões em Araçatuba

0

Com a negociação das propostas comerciais, a Transpetro concluiu mais uma etapa da concorrência pública internacional para a construção de 20 comboios de empurradores e barcaças.

Com a negociação das propostas comerciais, a Transpetro concluiu mais uma etapa da concorrência pública internacional para a construção de 20 comboios de empurradores e barcaças, por meio do Promef Hidrovia. A obra será executada pelo novo Estaleiro Rio Tietê, projeto do consórcio formado pelas empresas Rio Maguari S.A. / SS Administração e Estre Petróleo, vencedor da licitação. O custo para construir a nova frota hidroviária é de US$ 239,1 milhões (R$ 432,3 milhões). “O próximo passo da licitação é a assinatura do contrato, prevista para outubro”, diz nota distribuída pela Transpetro. O novo estaleiro, às margens da Hidrovia Tietê-Paraná, será construído em Araçatuba. As obras do estaleiro começarão no início de 2011 e a nova frota de 20 comboios já começará a ser entregue a partir do último trimestre do próximo ano.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho, Carlos Farias, acompanha o processo há muito tempo. Ontem Farias acompanhava representantes da empresa vencedora da concorrência, em São Paulo, para tratar de assuntos relacionados à licença ambiental. “Devemos dar todo apoio para que em janeiro o trabalho possa ser iniciado”, disse Farias, em entrevista exclusiva ao jornal O Liberal Regional.

“O projeto da hidrovia, integrante do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), prevê que, a partir de 2013, a Transpetro faça o transporte fluvial de etanol. A operação demandará a construção de 20 empurradores e de 80 barcaças. Cada comboio será formado de quatro barcaças e de um empurrador, com capacidade para transportar 7,6 milhões de litros. Quando totalmente operacional, o volume anual transportado deverá chegar a 4 bilhões de litros”, diz a assessoria da Transpetro.

A operação dos novos comboios hidroviários integra o Programa de Logística Integrada de Escoamento de Etanol da Petrobras, que inclui, ainda, a construção de novos dutos, centros coletores e terminais.

Mais de trinta estaleiros nacionais e internacionais foram convidados a participar da licitação. O Consórcio Rio Maguari, SS Administração e Estre Petróleo apresentou o menor preço, seguido pelos Estaleiros Unidos do Rio Tietê (consórcio formado pela SPI Astilleros e Superpesa Industrial Ltda) e pelo consórcio formado pela Intecnial S.A. e NM Engenharia e Construções Ltda.

A construção do estaleiro em Araçatuba, com investimentos superiores a R$ 430 milhões, vai mudar a história do município na avaliação do empresário Flávio Nasser. Para ele, esta obra “vale por uma administração municipal”. O prefeito Cido Sério também comemora a conquista, reforçando o empenho de sua administração e do PT em promover o desenvolvimento, mas preocupado com o homem e o meio ambiente.

Para ler esta matéria na íntegra, acesse Power

Por Rodrigo Cintra

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta