Habitantes do Pontal vão analisar empreendimento da Subsea 7

0

A população de Pontal do Paraná finalmente poderá analisar nesta terça-feira (26) alguns dos reflexos da instalação da Subsea 7 no município.

A audiência pública do impacto ambiental da base de montagem de tubos submarinos que a empresa norueguesa está pretendendo instalar acontecerá a partir das 19h, na sede da Associação Banestado, em Praia de Leste.

No dia 30 de julho, uma audiência pública convocada pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) foi cancelada por determinação da Justiça Federal.

Localização do empreendimento

A empresa anunciou que irá investir R$ 100 milhões numa unidade para soldagem e embarque de tubos rígidos de aço para o pré-sal.

Segundo a assessoria de comunicação da Subsea, todos os requisitos para o licenciamento foram atendidos no projeto. “O Parque de Construção Submarina do Paraná vai operar com tecnologia de ponta, sem geração de efluentes industriais e com impacto mínimo nos recursos naturais da região”, informa a empresa. A Subsea argumenta que para construir sua unidade em Pontal adquiriu uma área de 2.600 hectares, mas que só vai ocupar 3%.

O Ministério Público Federal considera que é preciso levar em consideração que o local escolhido pela empresa é caracterizada pela fragilidade ambiental do ecossistema.

O MPF ainda argumenta que as instalações afetarão uma comunidade indígena, no caso os guaranis que vivem na região do rio Guaraguaçu, os M`Byá.

Com as informações – Correio do Litoral

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta