Dilma: blocos do pré-sal só serão licitados após modelo de partilha

0

Líder nas pesquisas de intenção de votos na corrida pelo Palácio do Planalto, a candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, disse nesta quinta-feira (28), após receber apoio da Federação Única dos Petroleiros (FUP), que os blocos de petróleo que estão na camada do pré-sal só serão licitados após a aprovação, pelo Congresso Nacional, do modelo de partilha de produção.

Substituta do atual modelo de concessão, a proposta de partilha prevê que a União receberá parte do petróleo que for explorado e ainda que a Petrobras seja a única operadora, tendo participação mínima de 30% nos consórcios que ganharem o direito de exploração dos campos.

“O projeto da partilha eu tenho total empenho nele. São quatro projetos importantes. O mais importante é o modelo de partilha. Eu participei da elaboração de cada um dos artigos da lei. Está em fase final de votação o modelo de partilha. Até o modelo de partilha ser aprovado não tem licitação. Nós suspendemos as licitações”, explicou a presidenciável.

Atualmente o projeto que institui o modelo de partilha de produção e da criação de um fundo social com os recursos do pré-sal está na Câmara dos Deputados.

Clipping direto. Assista também ao vídeo no Portal Terra Brasil

Por Marcus Lotfi

Deixe uma resposta