Governo do Ceará trata com Eike sobre gás da OGX

0

Iniciaram-se os entendimentos do Governo do Ceará com a OGX, empresa de petróleo e gás do grupo EBX, controlado pelo empresário carioca Eike Batista. O foco das conversas é um só: o aproveitamento do gás natural recentemente descoberto no subsolo do Maranhão.

Iniciadas pelo próprio governador Cid Gomes e depois mantidas pelo ex-presidente da Adece, Antonio Balhmann, as conversações são agora tocadas por Arialdo Pinho, que, na próxima semana, reassumirá sua posição de secretário da Casa Civil e de tocador de obras do Palácio Iracema.

Quarta-feira, 27, Arialdo jantou com Paulo Monteiro, diretor de Sustentabilidade do grupo EBX, e com Marcus Temke, diretor de implantação e operação, e Ana Fernandes, diretora de gestão da MPX, empresa de energia do conglomerado de Eike Batista. A ideia posta à mesa das negociações é a constituição de uma empresa privada, com sócios estrangeiros e brasileiros e uma mínima participação do Governo cearense.

Essa empresa implantaria um gasoduto para trazer o gás do Maranhão até Sobral – onde seria construída uma termelétrica e de onde partiriam ramais para ligar as regiões industriais do Estado. “Só no município de Russas, há 150 empresas, incluindo cerâmicas, ansiosas por gás”, diz o eleito deputado Antonio Balhmann. “Estamos prontos para esse empreendimento”, responde Paulo Monteiro, em nome de Eike Batista.

Clipping direto – Diário do Nordeste

Por Marcus Lotfi

Deixe uma resposta