Expansão da Indústria Naval em Niterói sob ameaça

1
475

Um problema especial atinge quatro estaleiros de Niterói (RJ): os planos de expansão de uma via urbana poderiam inviabilizar os estaleiros Renave, UTC, Aliança e Equipemar.

A Prefeitura de Niterói tem seus argumentos, pois a região é congestionada e a expansão criará a Avenida do Contorno. Mas os estaleiros querem que a nova via cresça na área interna, onde há um cemitério e não no litoral, onde atrapalharia a vida das empresas de construção naval. Notícias atribuídas à concessionária Autopista e à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) indicam que os planos preveem invasão de 20 metros na área dos estaleiros, em vez de expansão na área interna. 

Todos os quatro estaleiros encontram-se em expansão: a Equipemar acaba de ganhar crédito do Fundo de Marinha Mercante; o Aliança pertence ao grupo Fischer e tem diversas encomendas e barcos de apoio da empresa coligada CBO e, com o projeto, sua carreira será inutilizada; a Renave, líder em reparos navais, pretende entrar no segmento de construção naval; e a UTC está construindo peças de sondas para a Petrobras.

Com as informações – Anna Ramalho

Nota do Editor: Posso estar engando, mas tem um cheiro de política nisso…

Por Rodrigo Cintra

1 COMMENT

  1. Parece piada de mau gosto. Milhares de empregos em risco ou sensibilidade social de nossos políticos merecem nota zero. Depois questionam os royalties.

Deixe uma resposta