Trabalhdores do Comperj param construção de refinaria

0
338

Trabalhadores do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) interromperam hoje o serviço de construção da refinaria em protesto por melhores salários. Segundo a Petrobras, as obras não chegaram a ser afetadas, mas à tarde caminhões não puderam entrar no local porque não havia funcionários para descarregar o material que conduziam, conforme o relato de vigilantes aos motoristas. 

O Comperj está sendo construído em Itaboraí, região metropolitana do Rio. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Construção, Montagem, Manutenção e Mobiliário de São Gonçalo, Itaboraí e Região, o protesto envolve pedreiros, ajudantes, faxineiros e serventes. Eles reivindicam igualdade salarial com os trabalhadores de empreiteiras envolvidas na obra.

Os manifestantes tentaram impedir a entrada de trabalhadores na obra e interditaram, por alguns minutos, o trânsito na estrada de Macacu, que leva ao Comperj.

Com as informações – Agência Estado

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta