CSO Deep Blue – O maior navio de lançamento de linhas do mundo

1

O CSO Deep Blue é o maior navio do mundo atuando em serviços de Construção e Lançamento de linhas em águas profundas. Ele tanto pode instalar flowlines e umbilicais, como fazer o apoio a campos em desenvolvimento, podendo trabalhar em lâmina d’água variando de 75 M a 2500 M. O navio pertence e é operado pela Technip Marine.

Desenho do CSO Deep Blue - visto por boreste

O navio tem as seguintes dimensões: comprimento total de 206.5 M, boca moldada de 32 M, pontal de 17,8 m e calado de 7,5 a  8,95 M para operações, podendo operar com um calado de até 10 m. Seu deslocamento total é de 55.234 T, sendo 33.791 TPB. O Convés Principal do navio tem uma área livre para operações e carga de aproximadamente 7.400 m².

Deep Blue operando

O navio pode realizar o lançamento de linhas rígidas de até 5500 T de 4″ a 18″ ou linhas de 4000 T de 4″ a 26″ (J-Lay). Alternativamente, pode lançar linhas flexíveis de 5700 T de 2″ a 16″. Sua carga máxima de 11023 T pode consistir em qualquer uma das duas bobinas de linhas rígidas (5511 T), linhas flexíveis em dois carrosséis (2000 T até 1500 T), oito reels portáteis 300 T, 4000 T de linhas rígidas ou 3000 T de estruturas e equipamentos submarinos.

Um verdadeiro gigante

A embarcação é equipada com três guindastes para o apoio às operações:

– O guindaste 1, à meia nau, com uma capacidade de içar cargas de até 12 T a 15 M.
– O guindaste 2, por boreste, com capacidade para içar cargas de até 30 T a 32,75 M.
– O guindaste 3, a ré, com capacidade para içar cargas de até 400 T a 18 M.

A Technip é o Armador do navio - o maior do mundo

Máquinas:

O CSO Deep Blue tem uma potência total de 33.6 MW em 6.6kV (45.000 HP) e 1 MW em 440V de energia de emergência. Sua propulsão tem potência de 14MW (com três propulsores em uso) ou 25.6 MW (com oito propulsores em uso), que é quando o navio está operando em DP (Posicionamento Dinâmco).

A embarcação é equipada com oito propulsores:

– Dois thrusters azimutais de 5.5MW (7.000 HP) tipo Kamewa UUC 7001, com passo variável, não retráteis, localizados a ré da embarcação e usados para propulsão e DP.

– Um thruster azimutal de 3 MW (4.000 HP) tipo Kamewa UL 4001, com passo variável, retrátil, localizado a ré da emvbarcação e usado para propulsão e DP.

– Três thrusters de 3 MW (4.000 HP) tipo Kamewa UL 4001, com passo variável, retrátil, localizados à vante da embarcação e usados  exclusivamente para as operação de DP.

– Dois bow thrusters (tipo tunnel) de 1.3MW (1.740 HP) tipo Kamewa TT2200-BMS-PB , com passo variável, na proa, usados nas operações de DP e nas manobras da embarcação.

Os motores para geração de energia e propulsão (elétrica) são controlados por um sistema totalmente integrado da Kongsberg. Este sistema, que integra vários dados apra manter a posição do navio é o  Kongsberg Simrad SDP-22 Dual  (duas redundâncias). O sistema de referência fornecidos incluem três giroscópicas Robertson RGC11 , uma unidade MRU5 e duas unidades MRU2 para referência vertical, três sensores de vento DEIF879 e dois sistemas Sercel DGP.

Console de DP

Há também um sistema de hidro-acústica (HIPAP), um sistema de tensionadores KS8 Mark e um Mc Artemis lV.

A embarcação tem uma capacidade de 47706 MT de combustível, dando-lhe uma autonomiado de 50 dias (90 dias condições de espera). Ele também pode armazenar 59,9 MT de óleo hidráulico, 895MT de água doce e 1443.9MT de água industrial e 19347MT de lastro.

Console de Navegação

O CSO Deep Blue acomoda com conforto 120 pessoas, incluindo quatro camarotes individuais, para executivos e Autoridades, 18 camarotes individuais e 49 camarotes para duas pessoas.

Na sua dotação de equipamentos de salvatagem estão incçuídos quatro baleeiras tipos TEMPSC (Totally Enclosed Motor Propelled Survival Craft), para 60 homens60, localizadas a bombordo e a boreste das acomodações. Há também balsas salva vidas localizadas a bombordo e a boreste no Convés Superior, com capacidade para acomodar 100% dos tripulantes.

Helicóptero Sikorsky S-61

Seu heliponto suporta no máximo helicópteros com as dimensões do Sikorsky S61 N.

Realmente este é um gigante dos mares.

Por Rodrigo Cintra

1 COMENTÁRIO

  1. Boa noite meu nome e cosme h o sarmento sou engenheiro mecanico offshore e atuo na area a 17 anos,e fico muito feliz quando vejo o total crescimento de oportunidades dentro da area offshore com a vinda destas grandes empresas as oportunidades sao muitas e precisamos tambem de investimentos nas areas tecnicas de capacitaçoes para nossos jovens recem formados na area e gostaria muito de aproveitar e informa que no brasil temos as melhores maos de obra tecnica,o que falta e as empresa se situarem mais nos investimentos em treinamentos dentro da area tais como (ingles a bordo e incentivo aos estudos ) visando o melhor para o meio de vida no mar.

Deixe uma resposta