Apesar das greves, 2011 foi um ano de crescimento nos portos de Santa Catarina

0
323

Apesar de um ano marcado por uma enchente e a paralisação por 23 dias das operações do porto de Itajaí, no Litoral Norte catarinense, os portos de Santa Catarina tiveram crescimento na movimentação de cargas em comparação com 2010. O destaque foi o porto de Imbituba, no Sul do Estado, que movimentou 16,91% de cargas a mais de janeiro a novembro de 2011 em comparação com o ano passado.

De janeiro a novembro, o porto de Imbituba movimentou mais de 2 milhões de toneladas. No mesmo período do ano passado haviam sido transportadas 1,7 milhões de toneladas em cargas pelo terminal. O granel sólido é a principal carga movimentada no porto. O terminal passa por uma fase de investimentos. Em junho, novos portêineres foram instalados. O investimento foi feito pela Santos Brasil, arrendatária do terminal de contêineres e carga geral, no valor de US$ 15 milhões.

“O porto de Imbituba não é mais uma promessa, é realidade. Nossa administração sempre trabalhou para o crescimento e ele já está acontecendo. Estamos nos preparando para que em 2012 este saldo positivo seja maior, refletindo o desenvolvimento do porto e da cidade”, disse Jeziel Pamato de Souza, administrador do porto de Imbituba.

Já em Itajaí, a paralisação dos conferentes, que durou 23 dias em novembro, e as enchentes que levaram o terminal a ficar fechado por uma semana em setembro prejudicaram o resultado de movimentação de cargas em 2011. Segundo o Diretor-Executivo do porto, Robert Grantham, não será possível ultrapassar a meta de 1 milhão de TEUS (unidade do contêiner de 20 pés) estipulada para este ano.

De janeiro a novembro, Itajaí movimentou 896 mil TEUS. A previsão, segundo Grantham, é que com a retomada das atividades em dezembro o terminal movimente até 970 mil TEUS. No ano passado, foram movimentados 957 mil TEUS, informou o diretor.

“Vamos ter um pequeno crescimento, mas dificilmente vamos atingir a meta de ultrapassar 1 milhão”, disse o Diretor. Segundo Grantham, o porto de Itajaí vinha em um ritmo forte de crescimento até ser paralisado pelos eventos da chuva e da greve.

Santa Catarina teve em 2011 a estreia do porto de Itapoá, no extremo Norte do Estado. O primeiro navio comercial atracou no dia 16 de junho. Desta data até novembro, o terminal movimentou 45.894 contêineres e 116 embarcações atracadas. A meta para 2012 é realizar a movimentação de 250 mil contêineres. A conclusão da estrada estadual de acesso, que demorou além do previsto, deve ajudar Itapoá a atingir a meta. O trecho ainda não está completamente asfaltado, mas os caminhões de carga já trafegam pela via e deixaram de utilizar a rota alternativa que passava por dentro da cidade.

O porto de São Francisco do Sul, que também fica no Litoral Norte do Estado, não fechou balanço sobre a movimentação de cargas no período. Em novembro, o terminal atingiu o recorde na movimentação com 1.156.492 de toneladas.

Com as informações – Júlia Pitthan / Valor Econômico

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta