Ocean Yorktown aderna e 73 tripulantes são evacuados às pressas

0
610

Setenta e três tripulantes a bordo da Ocean Yorktown, plataforma da Diamond Offshore, tiveram que evacuar a unidade na manhã desta última sexta feira, dia 3 de fevereiro, após a unidade começar a adernar (inclinar) de maneira incontrolável.

A plataforma encontra-se em operação na Baía de Campeche, México, sob contrato da PEMEX, que prestou toda a assistência no resgate e transferência do pessoal. A Defesa Civil e a Cruz Vermelha ficaram em stand-by.

Vinte e dois tripulantes permaneceram a bordo para adriçar a plataforma, restabelecendo sua estabilidade. Até o presente momento a informação é de que a plataforma encontra-se estável e sem nenhum comunicado de danos sérios ou feridos.

O problema pode ter sido uma ou mais válvulas de controle de lastro danificada em uma das colunas da unidade, mas a PEMEX ainda vai se pronunciar oficialmente sobre o assunto, informando a causa do incidente.

A Ocean Yorktown vem tendo sérios problemas de adernamento e estabilidade por muitos e muitos anos, durante operações de carga e descarga com os guindastes de bordo, segundo os tripulantes mais antigos. Isso acontece pelo fato da unidade não suportar em seu convés a carga que é descrita nos contratos com seus clientes.

Fontes da Petrobras declararam que a estatal sentiu-se lesada pela Diamond, que declarou que a unidade suportava uma carga maior do que realmente pode suportar para que ganhasse uma licitação. Inclusive esta foi a maior razão pela qual a Petrobras rescindiu o contrato com a Ocean Yorktown de maneira prematura em 2011.

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta