NT João Cândido será entregue dia 25 a Transpetro

0
604

O petroleiro João Cândido será entregue à Transpetro no próximo dia 25, durante solenidade no Estaleiro Atlântico Sul (EAS), em Suape. A data foi acertada ontem pelo Presidente da estatal, Sérgio Machado, e o Governador Eduardo Campos, durante reunião no Palácio do Campo das Princesas.

Na próxima segunda-feira, completa dois anos da cerimônia de batismo e lançamento ao mar do navio, que contou com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A embarcação está em construção desde setembro de 2008.

A visita do Presidente da Transpetro ao Estado e ao EAS não foi anunciada, nem constava na agenda pública do governador. Segundo informação repassada pela assessoria de comunicação do Governador, Sérgio Machado disse a Eduardo Campos que a prova de mar do João Cândido foi muito bem sucedida. “Vamos mostrar ao País o belo navio que o povo de Pernambuco ajudou a construir”, disse o Governador.

O João Cândido enfrentou uma série de problemas em sua construção e precisou passar por um processo de retrabalho antes de ser entregue à Transpetro. A embarcação começou a ser construída em setembro de 2008, com o corte da primeira chapa de aço. Com a entrega este mês, o navio vai contabilizar 3 anos e oito meses em construção. Só 2 anos o petroleiro passou encalhado no EAS.

Enquanto prepara a festa para entregar o João Cândido, os sócios do Atlântico Sul (Camargo Corrêa e Queiroz Galvão) correm para encontrar um novo sócio e parceiro tecnológico, que deverá injetar US$ 400 milhões no negócio e garantir um terço de participação na sociedade. Os sócios negociam com as empresas japonesas Mitsui e Mitsubishi.

Na semana passada, o EAS divulgou o balanço de suas demonstrações financeiras, onde amarga prejuízo de R$ 1,4 bilhão. Para visualizar o tamanho do prejuízo, basta dizer que o investimento no estaleiro foi de R$ 2,1 bilhões e o patrimônio é estimado em R$ 3,7 bilhões.

Apesar de todas as dificuldades enfrentadas pelo estaleiro, que se tornaram públicas, Sérgio Machado informou ao governador que a construção do seu segundo navio “made in Pernambuco”, o Zumbi dos Palmares, anda a todo vapor. A embarcação também está atrasada e só deverá ser entregue no segundo semestre.

Com as informações – JC On Line

Por Rodrigo Cintra

Deixe uma resposta